Com as tags: carro Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    71 dias · , carro, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Pai e filho estão viajando de carro quando se deparam com uma cena inusitada: um homem levantando o rabo de um cavalo e analisando as suas partes íntimas.

    – O que é isso, pai? – pergunta o filho, curioso.
    – É muito simples! – esclarece o pai – Este senhor está querendo comprar o cavalo daquele outro senhor. E a melhor maneira de ver se um cavalo está bem de saúde é olhando o seu traseiro!
    – Nossa! – exclamou o garoto, preocupado – Então eu acho que a mamãe não tá nada bem…
    – Como assim? – pergunta o pai, confuso.
    – Todos os seus amigos olham pro traseiro dela e até hoje nenhum deles comprou!
     
  • Anedota Comentar!
    126 dias · , carro, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Após um acidente de carro, aquela senhora é levada as pressas à UTI. Em estado de coma, ela encontra-se com São Pedro
    .
    – Nossa… eu morri? – pergunta ela.
    – Qual o seu nome?
    – Dorothéa de Jesus!
    – Não… ainda não! – responde ele, em tom benevolente. – De acordo com a sua ficha, você deverá morrer daqui a 12 anos, 4 meses e 14 dias.

    Assim que ela se recuperou e sabendo o tempo que lhe restava neste mundo, ela decidiu mudar de vida e internou-se numa Clínica para fazer uma plástica. Desenrugou o rosto, colocou silicone nos seios, fez lipo na cintura, encurtou o nariz etc…

    Ao sair da Clínica, exalando felicidade por todos os poros, ela vai atravessar a rua e… pimba! É atropelada por um caminhão!

    Novamente diante de São Pedro, ela reclama:

    – Pôxa, mas você não tinha me dito que eu ainda iria viver 12 anos, 4 meses e 14 dias?
    – Qual o seu nome?
    – Dorothéa de Jesus!
    – Desculpe, mas eu juro que não a reconheci!
     
  • Anedota Comentar!
    134 dias · carro, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Prova de matemática. As duas espertinhas que não haviam estudado p. nenhuma, resolvem cabular e passar o dia estudando para tentar fazer a prova no dia seguinte.

    No dia seguinte aparecem com uma desculpa esfarrapada:

    – Professor – diz a primeira. – Ontem, a Fernanda passou em casa para me apanhar e a gente vinha vindo pra cá, quando o carro dela quebrou.

    Chamamos um guincho, mas ele demorou tanto, que quando chegamos na escola o senhor já havia ido embora! Podemos fazer a prova hoje?

    – Claro! Não tem problema – diz o professor. – Basta as senhoritas se sentarem, cada uma num canto da sala que eu já levo a prova para vocês.

    Sem conseguir esconder o sorriso de satisfação, as meninas sentaram-se cada qual no seu canto, comemorando em silêncio.

    Dois minutos depois, receberam a prova. No alto da folha havia uma única questão: “Em que rua o carro quebrou?”.
     
  • Anedota Comentar!
    138 dias · , , carro, , , , , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    – Padre, o senhor soube que o Mário morreu?

    – Que triste, filho, o que foi que aconteceu com ele?

    – Ele ia para minha casa e estava vindo a toda velocidade. O Mário sempre foi de correr muito. Quando ele ia chegando e tentou parar, os freios falharam e o carro chocou-se do jeito que vinha na mureta la em frente. O Mário foi lançado pelo teto solar, voou uns 10 metros, e acabou se arrebentando contra a janela do meu quarto, no segundo andar.

    – Ave Santíssima, que modo horrível de morrer!

    – Não, não, padre! Ele sobreviveu a isso. Ele acabou no chão do meu quarto, todo arrebentado, sangrando e coberto de vidro. Foi então que ele tentou se levantar e pegou na maçaneta do meu guarda-roupa. É um guarda-roupa antigo, todo em jacarandá, pesadíssimo. Quando ele estava se erguendo, o guarda-roupa, que estava com um pé defeituoso, desabou em cima dele amassando tudo quanto foi osso do corpo dele.

    – Pobre Mário! Que morte terrível!

    – Não, padre, isso machucou muito mas não matou ele. Com muito esforço, ele conseguiu sair de baixo do guarda-roupa e engatinhou até a sacada que fica no topo da escada do hall. Ali ele tentou se levantar, apoiado no corrimão, mas o peso dele quebrou o corrimão e ele desabou até o chão do hall lá embaixo. Dois paus do corrimão quebrado ainda caíram sobre ele e o transfixaram.

    – Mas que horror se morrer assim!

    – Mas não foi isso que o matou. Ele conseguiu arrancar os dois paus do corpo, engatinhou até a cozinha e tentou se levantar apoiado no fogão. Sem querer pegou na alça de uma panela que estava fervendo água e derramou a água fervendo por cima dele, queimando toda a pele.

    – Que morte sofrida, Mãe do Céu!

    – Não, não, ele conseguiu sobreviver a isso. Mas lá estava ele caído no chão, numa poça de água fervente, quando viu o telefone na parede. Deve ter pensado em pedir ajuda. Apoiou-se na parede e tentou alcançá-lo. Mas, em vez do telefone ele meteu a mão na caixa de fusíveis e zap! 10.000 volts passaram por ele.

    – Ave Maria! Que fim terrível!

    – Não, padre, isso ainda não matou ele. Ele…

    – Espere aí, filho! Afinal, como foi que ele morreu?

    – Padre, eu atirei nele.

    – Você ficou maluco, filho? Por que você atirou no pobre coitado?

    – Caramba, padre, o cara estava destruindo a minha casa!
     
  • Anedota Comentar!
    142 dias · , , carro, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um policial está na estrada, chegando no Posto Rodoviário onde trabalha e avista um carro andando em baixíssima velocidade. Imediatamente ele faz sinal para o carro parar e vai falar com o motorista. Aliás, a motorista. É uma velhinha acompanhada de três amigas da mesma faixa etária.

    – Não sei se a senhora sabe, mas andar devagar demais pode provocar um acidente! – adverte o guarda.
    – Mas, seu guarda! Eu só estou obedecendo a sinalização! Será possível que hoje em dia, só porque ninguém respeita a sinalização…
    – Um minuto, senhora! – interrompe o policial – Posso saber que sinalização a senhora está respeitando?

    A velhinha não diz nada. Só aponta uma placa onde está escrito “BR-050”.

    – Mas, minha senhora… Aquela placa não indica o limite de velocidade e sim o número da estrada, BR-050… Olha, eu não vou multá-la se a senhora prometer ter mais atenção, tudo bem?
    – Tá certo… Tá certo…
    – Só mais uma coisa – torna o guarda – As demais senhoras estão passando bem? Elas parecem tão assustadas…
    – Elas já vão melhorar! – responde a velhinha – É que nós acabamos de sair da BR 201…
     
  • Anedota Comentar!
    162 dias · carro, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Toda tarde, quando saía do trabalho e ia para o ponto de ônibus, Nélio via um desconhecido passar de carro e gritar:

    – Aê, corno manso!

    Depois de uma semana escutando tais desaforos, ele ficou desconfiado e foi pedir explicações à mulher:

    – Não se preocupe, meu bem – tranqüilizou ela – Deve ser algum desocupado que faz isso em todo ponto de ônibus!

    No dia seguinte, Nélio vai para o ponto e espera por seu ônibus normalmente, até que o mesmo sujeito passa gritando:

    – Aê, corno manso! Além de corno é fofoqueiro!
     
  • Anedota Comentar!
    190 dias · , carro, , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Numa cidadezinha do interior, o Prefeito vai ter com aquele famoso advogado.

    – Doutor – começa ele. – Segundo informações de nosso departamento financeiro o senhor teve uma renda no ano passado de quase 1 milhão de reais, é verdade?
    – Sim, é verdade – confirma o advogado.
    – E segundo esse mesmo departamento o senhor não fez nenhuma contribuição às nossas obras sociais.
    – Isso também é verdade, Prefeito. Mas, me diga uma coisa, o seu departamento financeiro não lhe informou que a minha mãe morreu de câncer o ano passado e que a conta do hospital ficou em quase 200 mil reais?
    – Nã… nã… não, senhor!
    – E também não lhe informaram que o meu irmão sofreu um acidente e está tetraplégico, tem seis filhos pequenos e a família não tem renda nenhuma?
    – Nã… não… me informaram, senhor!
    – E também não lhe informaram que a minha irmã perdeu a sua casa, o seu carro e todos os seus móveis em uma enchente?
    – Não, não sabia, desculpe-me… eu…
    – E se eu não dei nenhum centavo para eles, você acha que eu vou dar para suas obras sociais?
     
  • Anedota Comentar!
    199 dias · carro, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Uma loira guiava o seu WW “carocha” quando este pifou. Ainda foi a tempo de parar na berma. Saiu do carro, levantou o capot da frente e começou aos gritos:
    -“Roubaram-me o motor! Roubaram-me o motor!” Por coincidência outra loura guiando outro “carocha” e vendo a mulher a gesticular, parou e foi-lhe perguntar o que se passava.
    -“Roubaram-me o motor! ­”Não se preocupe. Tenho a impressão que tenho um motor igual a esse na parte de trás do meu carro. Se tiver empresto-lho!”
     
  • Anedota Comentar!
    218 dias · carro, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um sujeito está voltando para casa, dirigindo acima da velocidade permitida.

    Olhando pelo retrovisor, ele vê um carro de polícia buzinando, com um guarda fazendo gestos obrigando-o a parar. Ele pensa: “corro mais do que ele”, e pisa fundo no acelerador.

    O carro dá uma arrancada e a polícia segue-o numa corrida desenfreada – 100, 120, 140, 160 km/h. Quando o velocímetro chega a 180 e a polícia continua atrás dele, o sujeito desiste e encosta. O guarda chega na janela e diz:

    – Olha, eu tive um dia cansativo hoje e só quero ir para casa. Me dê uma boa desculpa e eu o deixo ir. O sujeito pensa por um momento e diz:
    – Há três semanas minha mulher fugiu com um guarda. Quando eu vi seu carro no meu retrovisor, eu pensei que fosse o senhor e que estivesse tentando devolvê-la!
     
  • Anedota Comentar!
    258 dias · , , , , carro, , , , , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um jovem casal tinha sido convidado para uma enorme e muito bem frequentada festa à fantasia. Tudo foi planeado, as fantasias foram compradas e tudo foi preparado para o grande dia.

    Algumas horas antes da festa a moça reclama de fortes dores de cabeça e diz ao marido que terá que ficar em casa. Ele fica sem jeito e ela, não querendo atrapalhar, recomenda ao marido que vá sozinho à festa. Prestativo, ele diz:

    – Meu amor, eu fico aqui com você, sem problemas…
    – Não, meu bem! Eu não quero estragar a sua noite! Eu vou tomar um comprimido e dormir… Se divirta por mim!

    Então ele pega sua fantasia de Batman e vai para a festa.

    A esposa, após dormir por uma hora, acorda sem dores e conclui que ainda é tempo de ir à festa. Como o seu marido ainda não sabia qual era a sua fantasia, ela aproveita a oportunidade para assisti-lo em ação quando ela não está por perto. Ansiosa, ela pega a sua fantasia de Mulher-Maravilha se dirige para o local.

    Chegando à festa ela logo vê seu marido dançando com uma loira escultural. Prevendo o perigo, ela começa a se esfregar nele e insinua que está disposta a tudo. Sem reconhecê-la, o homem dispensa a loiraça e começa a se esfregar na Mulher-Maravilha. Algumas carícias e apertos e eles vão para o carro, sem parar para conversar. Lá eles dão uma rapidinha e em seguida a Mulher-Maravilha se apressa em ir embora.

    Desapontada com a atitude do marido e ansiosa para pregar-lhe uma peça, ela vai direto para casa e volta para a cama. Então, no café da manhã, ela pergunta, insinuante:

    – Então meu bem, como foi a festa?
    – Ah, a mesma coisa de sempre. Você sabe que eu nunca me divirto quando você não está – diz o marido, com tranquilidade.

    Então ela continua:

    – Ah, é? E você dançou muito?
    – Se eu contar você não acredita! Eu não dancei nenhuma música! Quando cheguei na festa, encontrei o Zeca e o resto do pessoal, então fomos para a cozinha e jogamos pôquer a noite inteira… Mas eu vou te dizer uma coisa: o cara que pegou a minha fantasia emprestada disse que teve uma noite incrível!
     
  • Anedota Comentar!
    262 dias · , , , carro, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Uma loira, ruiva e morena estão perdidas no deserto do Saara quando o carro para de trabalhar, então todas decidem levar uma parte do carro com elas:
    A Ruiva disse, eu vou levar o radiador, porque tem água.
    A Morena disse, eu vou levar um banco para poder sentar-me fora da areia quente.
    E a Loira disse, eu vou levar a porta, assim quando sentir calor posso abrir o vidro!
     
  • Anedota Comentar!
    267 dias · carro, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O gaúcho tinha um Opala “jóia”, daqueles antigos, motor 4.100, “inteiraço”. Tinha um ciúme doentio do carro.

    Um dia alguém bateu na porta do Opala, e amassou, o gaúcho ficou absolutamente puto da vida, o que não é nenhuma novidade.

    Encostou o carro na garagem e disse que não ia mais sair com ele.

    Passaram-se alguns meses, o gaúcho louco de saudade do carrão, querendo dar uma volta…

    Senta ao volante, pôe a chave na partida e nada. A bateria havia descarregado.

    Depois de várias tentativas, desiste e chama o mecânico. Este chega, dá uma olhada, tenta ligar e diz:

    – É fácil de consertar, e só fazer uma chupeta.

    E o gaúcho:

    – Se eu der a bunda, você arruma a porta também ?
     
  • Anedota Comentar!
    282 dias · carro, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O Fábio, o Rafael e o Mesquita foram para o deserto Sahara..
    O Fábio levou uma PSP, o Rafael levou um mp3 e o Mesquita levou a porta do carro do pai dele.
    Alguém perguntou ao Fábio o porquê de ele levar a PSP e ele disse que era para jogar e se entreter, depois alguém perguntou ao Rafael o porquê de levar um mp3 e ele disse para ouvir músicas e tal.. Depois perguntaram ao Mesquita:
    – Oh Mesquita, porquê é que trouxeste a porta do carro do teu pai?
    E o Mesquita, respondeu:
    – Para abrir o vidro quando estiver calor.
     
  • Anedota Comentar!
    296 dias · , carro, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Estava uma menina chamada Graça e outra chamada Jadisse a brincar á beira de uma estrada.
    A Graça disse á Jadisse que ia cagar atrás de uma árvore e a Jadisse como não tinha nada para fazer atirou uma pedra para um carro e policia chegou e perguntou á “já disse”.
    – Como te chamas ?
    – Jadisse.
    – Como te chamas ?
    – Jadisse!?!?!?
    – Onde é que está a graça !??!
    – Está ali atrás da árvore a cagar
     
  • Anedota Comentar!
    297 dias · carro, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Uma loira trancou a porta do carro com a chave dentro e ficou desesperada, tentando abrir a porta com um grampo de cabelo:
    – Bolas! Tenho que abrir logo este carro, pois está a começar a chover e eu deixei a capota do carro aberta!
     
  • Anedota Comentar!
    302 dias · , , carro, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Pouco antes da meia-noite o guarda fazia sua ronda de cada dia (ou melhor, de cada noite) quando viu um carro parado em um local deserto, com os vidros embaciados.

    Desconfiado, o guarda aproximou-se do veículo sorrateiramente. Quando dirigiu a luz da lanterna para dentro do carro, viu uma adolescente lendo um livro no banco de trás e um rapaz ao volante, ouvindo walkman.

    – Quantos anos vocês têm e o que estão fazendo? — ele perguntou ao motorista.
    – Eu tenho 19 anos — respondeu o rapaz — e estou ouvindo música!
    – E ela, o que está fazendo? — indagou o guarda.
    – Está lendo!
    – E quantos anos ela tem?
    – Daqui a 10 minutos terá 18!
     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar