Com as tags: carro Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    2 dias · carro, , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O casal estava por numa dureza enorme Um… 

    O casal estava por numa dureza enorme. Um dia o marido, que era cafajestão, falou pra mulher, que era bem saidinha:

    -Querida… não tem jeito! A única maneira da gente sair do sufoco é você fazer um “programinha”…
    -Mas querido… eu nem sei como se faz isso.
    -Não tem problema eu te ensino – disse o marido.

    Vamos fazer o seguinte:
    -Você fica, à noite, numa esquina e eu me escondo atrás de uma moita e qualquer dúvida você me pergunta, certo?

    À noite, foram pra uma esquina, o marido ficou escondido atrás do arbusto e ela ficou esperando algum “cliente” passar.
    Passaram-se uns dez minutos e apareceu um rapaz, num automóvel, que perguntou à mulher:
    -Você faz programa?

    A mulher, meio sem jeito, pediu pra ele esperar um pouquinho, foi até o arbusto e perguntou, em voz baixa, pro marido:
    -Benzinhôôô…, eu faço programa?
    -Diz pra ele que você faz programa!

    Voltou pro carro e falou pro rapaz:

    -Sim, eu faço programa.
    -E quanto você cobra?
    A mulher, novamente, vai até o arbusto e pergunta pro marido: – Benhê…, quanto eu cobro?

    E o marido:
    -Diga pra ele que você cobra 100 reais.
    Ela volta ao carro e diz pro rapaz: – cem reais.
    E o rapaz: – cem reais?… Merda, você é muito gostosa, vale mas… eu só tenho setenta.
    A mulher voltou pro arbusto e contou pro marido: – Benzinho… ele só tem 70.
    E o marido: – Diga pra ele que, por 70, só uma pegadinha no pau dele.
    E a mulher falou pro rapaz – Olha… por 70 só dou uma pegadinha no teu pau!
    E o rapaz: – Tudo bem! Entre no carro!
    E quando a mulher entrou no carro o rapaz desabotoou a calça e colocou para fora um -bilau- enorme, luzindo de duro. A mulher, vendo “aquilo tudo”, falou pro rapaz:
    Espere um pouco, eu já volto.
    Saiu do automóvel e foi até a moita onde estava o marido e perguntou, toda dengosa:

    -Benhê, me diz uma coisa: – Você não teria aí trinta reais pra emprestar pro moço, não?

     
  • Anedota Comentar!
    5 dias · , , carro, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Faltam quinze para a meia noite e um… 

    Faltam quinze para a meia-noite e um policial fazendo a ronda vê um veículo estacionado em um local deserto, com os vidros embaciados.

    Para conferir, o curioso guarda aproximou-se do carro. Quando apontou a luz da lanterna para dentro, viu uma adolescente lendo uma revista sentada no banco de trás e um rapaz ao volante, ouvindo um iPod.

    -Quantos anos vocês têm e o que estão fazendo? – ele pergunta ao motorista.
    -Eu tenho dezanove anos – respondeu o rapaz – e estou ouvindo música!
    -E ela, o que está fazendo? – quer saber o policial.
    -Está lendo!
    -E quantos anos ela tem?
    -Daqui uns quinze minutos terá dezoito!

     
  • Anedota Comentar!
    21 dias · carro,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Dois catarinenses vinham de carro por uma estrada… 

    Dois catarinenses vinham de carro por uma estrada mais ao Sul, quando avistaram uma placa bem grande:

    -“Cachorro chupador, entrada a 2km.”

    Passaram e ficaram curiosos. Mais à frente:

    “Cão que faz chupeta, entrada a 1km”

    E aí resolveram ir até lá.

    “Cachorro que faz chupeta, Aqui!”

    Quando entraram um gaúcho recebeu os catarinenses e disse:

    -Bah tchê, aqui está o tal cachorro. Vieram atrás de uma chupeta?

    E os catarinenses:

    Sim, vamos ver como é.

    E o gaúcho:

    -Chupa Rex!….

    -Chupa Rex!…

    -Chupa Rex!..

    E o Rex nem se mexeu. Então o gaúcho disse:

    -Bah cachorro burro. Vou te mostrar de novo como se faz uma chupeta, mas esta é a última vez tá?

     
  • Anedota Comentar!
    31 dias · , , , carro, , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O casal estava louco pra tirar uma Descobriram… 

    O casal estava louco para tirar uma! Descobriram que o único jeito de se livrarem de seu filho de seis anos por algumas horas no domingo, seria colocá-lo na varanda do apartamento e pedir para ele relatar as atividades da vizinhança.
    Os pais puseram seu plano em ação e o garoto começou seus comentários, enquanto a sacanagem rolava solta no quarto.

    • Tem um carro sendo guinchado aí na rua!
    • Ok Filhinho….. assim amor… mexe mais!!!

    Um pouquinho depois:

    • O caminhão do gás tá passando!
    • Tá bom filho…. ooo yehhh… vc está toda molhada!!!

    Passados mais alguns minutos:

    • Parece que a família do seu Valdemar está recebendo visita!

    E continuou:

    • O Pedrinho ganhou uma bicicleta nova!
    • Legal filho…. assim! assim! De quatro agora amor!!!

    De repente o casal é surpreendido com a notícia:

    • Os pais da Karina estão transando!
    • O QUE??????????

    Os dois pulam da cama e correm até a sacada.

    • Você está vendo isso daí ? Pergunta o pai.
    • Não… – responde o garoto, é que a Karina tá sentadinha na varanda também…
     
  • Anedota Comentar!
    37 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Verbo DEVOLVER no presente:
    Eu devolvo
    Tu de mini
    Ele de triciclo

     
  • Anedota Comentar!
    37 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O pessoal da F-1 quis organizar uma corrida. Então chamaram o Nelson Piquet, mas ele logo disse:

    • Ah, sei não, esse papo de corrida não vai dar pé…

    Então tentaram o Niki Lauda. Ele respondeu, irritado:

    • Nem vem que eu ja ’tou queimado com esses papos de corrida !

    Daí apelaram pró Senna, que, desdenhando, afirmou:

    • Ah não! Eu já não tenho mais cabeça para isso !
     
  • Anedota Comentar!
    38 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um gajo compra um carro novo, e vai para a estrada para o testar, e puxar por ele. Ia o gajo a 170, quando vê uma placa: REDUZA A 100 KM.
    O tipo, começa a mandar vir, mas resolve obedecer à placa.
    Passado uns tempos vê REDUZA A 50 KM. O gajo fica lixado, pois queria testar o carro novo e não podia.
    Passado mais uns tempos a placa REDUZA A 20 KM.
    O tipo não via motivo nenhum para aquele limite de velocidade, até porque aquela estrada nunca tinha ninguém. Passado mais uns tempos vê a placa BEM VINDO A REDUZA.

     
  • Anedota Comentar!
    38 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Ia um homem a estrear o seu carro novo quando vê um trolha de bicicleta ao longe na estrada.
    Para mostrar ao trolha que o seu carro andava muito, acelerou e passou por ele a 120 Km hora. Diminuiu a velocidade mais à frente quando de repente é ultrapassado pelo trolha também a 120 Km hora.
    Surpreendido, o homem acelera de novo e ultrapassa o trolha, desta vez a 140 Km hora, mas, de novo é ultrapassado.
    Não entendendo mais nada, o homem pára o carro. Surpresa das surpresas, o trolha passa por ele, desta vez de marcha à ré a 140 Km hora. E continua a passar para trás e para a frente, já diminuindo a velocidade até parar à beira do homem do carro.
    Diz então o trolha:

    • Moço, posso tirar o suspensório que ficou preso na maçaneta da porta.
     
  • Anedota Comentar!
    39 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Iam dois gajos a fazer uma disputa, um com um Lamborghini, e outro num Ferrari. Entretanto passam por um padre que ia de bicicleta. Ambos passam o padre, e o gajo do Ferrari passa o do Lamborghini. O tipo do lamborghini, passa de novo o do Ferrari,e para espanto dos dois, vêem o padre de bicicleta a ultrapassar os dois.
    Ambos os carros aceleram, e entram em nova disputa. Novamente, o padre ultrapassa os dois.Os gajos, dispostos a deixar o padre para trás, aceleram a sério, 170, 180, 190, 200, 210, 230, 240, 250,…
    Quando pensam ter deixado o padre, eis que este os passa de novo na sua bicicleta. Os tipos ficam pasmados. Entretando, numa curva o padre espeta-se, e os tipos resolvem parar os carros para falar com o padre.

    • Oh senhor padre, o senhor é um espectáculo, conseguiu dar pelo menos 270 KM/h numa bicicleta.
    • Que remédio – diz o padre – os meus suspensórios ficaram presos num pára-choques.
     
  • Anedota Comentar!
    39 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Iam dois gajos, a fazer disputas com os seus carros. Um com um Lamborghini Diablo,e o outro com um Ferrari F40.
    Entretanto, um deles, num desvio engana-se no caminho, e eles separam-se.
    O gajo do ferrari, julgando que o outro tinha desistido, vai mais devagar, e com calma.
    Entretando, vê um tipo num mini 1000, que estava a precisar de ajuda.

    • Então amigo, problemas com o carro?
    • Sim, algo com o carburador, isto não anda, será que me podia rebocar até à garagem mais próxima.
    • Tudo bem!

    Eles atam o mini ao ferrari, e seguem viagem.
    Mais à frente, num outro cruzamento, o tipo do lamborghini torna-se a juntar ao do ferrari.
    Ao notar que este está a rebocar outro carro, abranda, e põe-se ao lado dele.
    O tipo do ferrari, esquecendo-se do mini, acelera, e passa o lamborghini.
    O gajo do lamborghini torna-se a pôr ao lado, e assim sucessivamente, até ambos os carros atingirem grandes velocidades.
    O tipo do mini, que ia atrás, fartava-se de buzinar, mas ninguém o ouvia.
    Ao passarem por um polícia que estava na berma da estrada, este resolve notificar o chefe!

    • Chefe, estou a precisar de férias
    • Porquê? Ora diga lá.
    • Veja lá o chefe, que acabo de ver um ferrari e um lamborghini em plena disputa de velocidade, e ia um gajo num mini 1000 atrás, a apitar para ultrapassar.
     
  • Anedota Comentar!
    40 dias · carro   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Estava um nevoeiro cerrado em Lisboa e um condutor não conseguia ver nada, então ao ver umas luzes vermelhas de um carro pensou logo: vou segui-las e assim não saio da estrada. A certa altura, o outro carro pára e como este ia muito perto do outro espeta-se pelo outro dentro.
    O motorista sai do carro aos berros:
    “Como é que o senhor faz uma travagem dessas sem fazer sinal nenhum ??”
    “O quê ? Ia fazer sinal dentro da minha garagem ??!!”

     
  • Anedota Comentar!
    44 dias · , , carro, , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um sujeito liga para casa para saber o… 

    Um sujeito liga para casa, para saber o que a esposa vai fazer para o jantar. – Alô?, diz uma vózinha de criança.
    – Ó, querida, é o papá. A mamã está perto do telefone?
    – Não, papá. Ela está lá em cima no quarto com o tio Chico.
    Após alguns segundos, o sujeito diz:
    – Mas querida, você não tem um tio chamado Chico!
    – Sim, eu tenho! E ele está lá em cima no quarto com a mamã.
    – Está bem, então eu quero que você faça o seguinte: Suba a correr as escadas, bata na porta do quarto e grite para a mamãe e para o tio Chico que meu carro acabou de parar na frente da casa.
    – Tá bem, papá.
    Alguns minutos depois, volta a menina:
    – Eu fiz o que você disse, papá.
    – E o que aconteceu?
    – Bem, a mamãe pulou da cama nua e começou a correr pelo quarto gritando, tropeçou no tapete e caiu pela janela da frente, e agora ela está morta!
    – Ó, meu Deus! E o tio Chico?
    – Ele pulou da cama nu também, estava muito assustado, e saltou pela janela do fundo para dentro da piscina, mas ele deve ter-se esquecido que você esvaziou a piscina na semana passada para limpar. Daí ele bateu a cabeça no fundo dela, e agora está lá, morto também.
    Uma longa pausa e o cara diz:
    – Piscina? Não tenho piscina! Por acaso o telefone daí é 35550739?
    – Não!
    – Desculpe, foi engano!
     
  • Anedota Comentar!
    47 dias · , carro, , , , , , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O Tona adorava feijoada Porém sempre que comia… 

    O Tona adorava feijoada. Porém, sempre que comia, o feijão causava-lhe uma reacção fortemente embaraçosa. Algo muito forte. Um dia apaixonou-se. Quando chegou a altura de pedir a namorada em casamento, pensou:
    – Ela é de boas famílias, cheia de etiqueta, uma verdadeira atleta, não vai aguentar estar casada comigo se eu continuar a comer feijão.
    Decidiu fazer um sacrifício supremo e deixou-se de feijoadas. Pouco depois estavam casados. Passados alguns meses, ao voltar do trabalho no Douro, o carro avariou. Como estava longe, ligou para Sofia e avisou que ia chegar tarde, pois tinha que regressar a pé. No caminho, passou por um pequeno restaurante e foi atingido pelo irresistível aroma de feijoada acabadinha de fazer. Como faltavam vários quilómetros para chegar, achou que a caminhada o iria livrar dos efeitos nefastos do feijão.
    Então entrou, pediu, fez a sua pirâmide no prato e, ao sair, tinha três doses de feijoada no estômago. O feijão fermentou e durante todo o caminho foi-se peidando sem parar. Foi para casa a jacto. Peidava-se tanto que tinha que travar nas descidas, e nas subidas quase não fazia esforço para andar. Quando se cruzava com pessoas continha-se ou aproveitava a oportuna passagem dum ruidoso camião para soltar gás. Quando chegou a casa, já se sentia mais seguro.
    A mulher parecia contente quando lhe abriu a porta e exclamou:
    – Querido, tenho uma surpresa para o jantar!
    Tirou-lhe o casaco, pôs-lhe uma venda nos olhos, levou-o até à cadeira na cabeceira da mesa, sentou-o e pediu-lhe que não espreitasse. Nesse momento, já sentia mais uma ventosidade anal à porta! No momento em que Sofia ia retirar a venda, o telefone tocou. Ela obrigou-o a prometer que não espreitava e foi atender o telefone. Era a Xuxu. Enquanto ela estava longe, o Tona aproveitou e levantou uma perna e … ppuueett. Soltou um! Era um peido comum. Para além de sonoro, também fedeu como um ovo podre! Aliviado, inspirou profundamente, parou um pouco, sentiu o fedor através da venda e, a plenos pulmões, soprou várias vezes a toda a volta para dispersar o gás. Quando começou a sentir-se melhor, começou outro a fermentar! Este parecia potente. Levantou a perna, tentou em vão sincronizar uma sonora tossidela para encobrir, e … pprrraaaaaaaa! Sai um rasgador tossido. Parecia a ignição de um motor de camião e com um cheiro mil vezes pior que o anterior! Para não sufocar com o cheiro a enxofre, abanou o ar sacudindo os braços e soprando em volta ao mesmo tempo, esperando que o cheiro dissipasse. Quando a atmosfera estava a voltar ao normal, eis que vem lá outro. Levantou a outra perna e deixou sair o torpedo! Este foi o campeão!
    As janelas tremeram, os pratos saltaram na mesa, a cadeira saltou e num minuto as flores da sala estavam todas murchas. Quase lhe saltavam os sapatos dos pés. Enquanto ouvia a conversa da Sofia ao telefone no corredor, sempre fiel à sua promessa de não espreitar, continuou assim por mais uns minutos, a peidar-se e a tossir, levantando ora uma perna ora a outra, a soprar à volta, a sacudir as mãos e a abanar o guardanapo. Uma sequência interminável de bufas, torpedos, rasgadores e peidos comuns, nas versões seca e com cheiro. De onde em onde acendia o isqueiro e desenhava com a chama círculos no ar para tentar incinerar o nefasto metano que teimava em acumular-se na atmosfera. Ouviu Sofia a despedir-se da Xuxu e, sempre com a venda posta, levantou-se apressadamente, e com uma mão deu umas palmadas na almofada da cadeira para soltar o gás acumulado, enquanto abanava a outra mão para espalhar. Quando sacudia e batia palmadinhas nas calças largas para se libertar dos últimos resíduos, ouviu o plim do telefone a desligar, indicando o fim da solidão e da liberdade de expressão anal. Alarmado, sentou-se rapidamente e, num frenesim, abanou apressadamente mais algumas vezes o guardanapo, dobrou-o, pousou-o na mesa, compôs- se, alinhou o cabelo, respirou profundamente, pousou as mãos ao lado do prato e assumiu um ar sorridente. Era a imagem da inocência quando Sofia entrou na sala. Desculpando-se pela demora, ela perguntou-lhe se tinha olhado para a mesa. Depois de ele jurar que não, ela retira-lhe a venda, e, surpresaaaaa!!!
    Estavam 12 pessoas perplexas, lívidas e assarapantadas, sentadas à mesa: os sogros, os cunhados e alguns colegas de tantos anos de trabalho.
    Era a festa-surpresa de aniversário do TONA!
     
  • Anedota Comentar!
    58 dias · , , carro, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Joãozinho estava brincando no páteo da escola quando… 

    Joãozinho estava brincando no páteo da escola, quando viu o carro do seu pai passando em direção ao mato atrás da escola. Ele seguiu o carro e viu seu pai e tia Jane, se abraçando apaixonadamente!!! Joãozinho achou isso tão excitante, que não se conteve e correu para casa, para contar à sua mãe o que tinha visto.
    – Mamãe, mamãe, eu estava no páteo da escola, quando vi o carro do papai indo para o mato com a tia Jane dentro! Eu fui atrás para ver e ele estava dando o maior beijo na tia Jane! Depois ele a ajudou a tirar sua blusa! Aí tia Jane ajudou papai a tirar suas calças e depois a tia Jane…!
    Nesse ponto a Mamãe o interrompeu e disse:
    – Joãozinho, essa é uma história tão interessante, que tal você guardar o resto dela para hora do jantar? Eu quero ver a cara do seu pai, quando você contar tudo isso hoje à noite!!!
    Na hora do jantar, a Mamãe pediu pro Joãozinho para contar sua história. Joãozinho começou a sua contar:
    – Eu estava brincando no páteo da escola, quando vi o carro do papai indo para o mato com a tia Jane dentro. Aí, fui correndo atrás para ver e ele estava dando o maior beijo na tia Jane. Depois ele a ajudou a tirar sua blusa. Aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calcas e depois a tia Jane e o papai começaram a fazer as mesmas coisas que a mamãe e o tio Bill faziam, quando o papai estava no exército.
    A mamãe desmaiou!
     
  • Anedota Comentar!
    60 dias · , , , carro, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um caipira ia puxando o seu burro numa… 

    Um caipira ia puxando o seu burro numa estrada, quando pára ao lado um tremendo Audi, estalando de novo.
    O motorista, a gozar, pergunta: “sabes quantos cavalos tem este carro? mais de 200!”.
    E, rindo, vai embora; tão distraído estava que não vê uma ponte; tenta desviar-se e cai com a frente do Audi no rio.
    Dali a pouco, passa o caipira puxando o burrinho.
    Coça a cabeça, tira o chapéu e pergunta:
    – “Como é, moço ? Dando água prá tropa?”
     
  • Anedota Comentar!
    78 dias · , carro, , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Certa tarde um famoso banqueiro ia para casa… 

    Certa tarde, um famoso banqueiro ia para casa na sua “limousine” quando viu dois homens à beira da estrada, a comer erva.
    Ordenou ao motorista que parasse e, saindo, perguntou a um deles: – Porque estais a comer erva?
    – Não temos dinheiro para comida… – disse o pobre homem – . Por isso temos que comer erva.
    – Bem, então venham à minha casa e eu lhes darei de comer – disse o banqueiro.
    – Obrigado, mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo daquela árvore.
    – Que venham também – disse novamente o banqueiro. E, voltando-se para o outro homem, disse-lhe: – Você também pode vir.
    O homem, com uma voz muito sumida disse: – Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo!
    – Pois que venham também – respondeu o banqueiro. E entraram todos no enorme e luxuoso carro.
    Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse: – O senhor é muito bom… Obrigado por nos levar a todos!
    O banqueiro respondeu: – Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Ireis ficar encantados com a minha casa… A erva está com mais de 20 cm de altura!
    “Quando achares que um banqueiro (ou banco) está a ajudar-te, não te iludas, pensa um pouco antes de aceitares qualquer acordo…”
     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar