Com as tags: sogra Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Hugo 7:38 em 31 May, 2018 | Comentar!
    , , , , sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Num carro ia um homem, a mulher e a sogra que era meio surda. O homem olha pelo retrovisor e repara que está a polícia a seguí-lo.
    O gajo abranda logo e guia o melhor que pode. A polícia segue-o durante um bom bocado e depois manda-o encostar.
    Pergunta o homem muito aflito :

    • Então Sr. Guarda, há azar ? Fiz alguma asneira ?
    • Não, não … O Sr. ia a conduzir muito bem , e por isso o vínhamos a seguir, fique sabendo que acaba de ganhar o prémio de melhor condutor da semana.

    O prémio é de 100 mil escudos. Já tem alguma ideia do que vai fazer com esse dinheiro ?

    • Bem, com os 100 contos já devia dar para comprar a carta, não ?

    Diz a mulher:

    • Sr. guarda , não lhe ligue que ele está bêbado …

    Diz a sogra :

    • Eu não vos dizia que isso de andar a conduzir carros roubados ainda nos ia trazer chatices ?
     
  • Hugo 13:14 em 28 May, 2018 | Comentar!
    , sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Como é que se diz ‘sogra’ em japonês:

    • Aturatú.
     
  • Hugo 7:41 em 20 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Dois maridos conversam num café. Diz o primeiro:
    — A minha sogra é mesmo uma santa.
    Responde-lhe o segundo:
    — Estás cheio de sorte!… A minha ainda está viva…

     
  • Hugo 3:37 em 20 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Só conheci uma sogra verdadeiramente boa.
    — A tua, claro?
    — Não, a da minha mulher.

     
  • Hugo 23:23 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — E a tua sogra, como vai?
    — Está bem. Levo-a sempre para qualquer lado onde vou. O chato é que ela consegue encontrar o caminho de regresso a casa.

     
  • Hugo 19:07 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um sujeito levou a esposa e a sogra para conhecer Jerusalém. Chegando lá, a velha não aguentou a emoção de conhecer a Terra Santa, teve um ataque cardíaco e morreu. Depois de tomar as providências necessárias, o casal descobriu que trasladar o corpo para a sua terra custaria cerca de dez mil euros.
    — Meu querido — disse a esposa —, se quiseres, podemos enterrar a mãe aqui mesmo. Eu não me importo.
    — Que é isso, meu amor, eu faço questão de levar o corpo da minha sogra para Portugal.
    — Mas é muito caro, querido, não há problema se a enterrarmos aqui.
    — Não! — disse o marido. — Aqui em Jerusalém, eu não a enterro de jeito nenhum!
    — Mas porquê, meu amor?
    — Houve um sujeito que foi enterrado aqui e, passados três dias, ressuscitou…

     
  • Hugo 15:01 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    À porta do cemitério há uma grande bicha de homens. Passa um outro que, por curiosidade, pergunta o que aconteceu. Responde-lhe o que estava à porta, com um lobo-de-alsácia
    pela trela:
    — Foi o enterro da minha sogra, mordida na garganta por este meu cão.
    — Ah! — diz o outro, um pouco espantado. — Olhe lá! E o senhor não me quer vender esse belo animal?
    — Bem, talvez se chegue a um acordo. Entre aí na bicha e espere pela sua vez.

     
  • Hugo 10:53 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um fulano estava a assistir ao jornal nacional quando, de repente, uma notícia o interessou. Falava de um homem que matou a sogra e a enterrou no chão da sala e só agora, vinte e cinco anos depois, é que descobriram. O homem ficou a pensar muito naquilo.
    «Eu também poderia matar a megera da minha sogra e enterrá-la na sala. Até descobrirem, já estarei morto, pois tenho cinquenta anos… E acho que vou fazer isso, raios!»
    E armou a armadilha. Convidou a sogra para jantar e, na primeira oportunidade, deu uma pancada na cabeça da velha, que logo foi enterrada na sala.
    Meia hora depois, toca a campainha. Era a polícia, que avisou:
    — O senhor está preso por assassinar a sua sogra!
    — Mas, mas, mas…
    — Nada de mas, já para o carro!
    Na esquadra, o homem, desconsolado, esbracejava:
    — Eu vi na TV um homem que fez a mesma coisa e demorou vinte e cinco anos a ser descoberto! Como me descobriram tão rapidamente?
    — Ele não morava num segundo andar…

     
  • Hugo 6:43 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A sogra vai visitar a filha e o genro. Toca à campainha, o genro abre a porta e exclama:
    — Sogrinha! Há quanto tempo a senhora não aparece! — Quanto tempo vai ficar desta vez?
    A sogra, querendo ser gentil:
    — Oh, meu genro, até vocês se cansarem de mim!
    O genro responde:
    — A sério? Não vai ficar nem para um cafézinho?

     
  • Hugo 2:20 em 19 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A sogra acabou de morrer e o genro vai tratar do funeral.
    — O que fazemos? — pergunta-lhe o empregado do cemitério. — Enterra-se? Incinera-se? Embalsama-se?
    — É melhor não corrermos riscos. Faça as três coisas.

     
  • Hugo 22:10 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O genro:
    — Cada vez que olho para o céu e vejo as estrelas, lembro-me sempre de si.
    A sogra:
    — E qual é a estrela que o faz lembrar-se, de mim?
    O genro:
    — A Ursa Maior.

     
  • Hugo 18:04 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O homem apresenta-se com um lenço atado, dando a volta por cima da cabeça e por baixo do queixo, apertado.
    — O que foi isso? — Pergunta-lhe um amigo — Dói-te a cabeça? Os dentes? Ou foi algum desastre?
    — Nada disso. Morreu a minha sogra.
    — Então?… morreu-te a sogra… e porquê é que trazes os queixos amarrados?
    — É para não me rir!

     
  • Hugo 13:15 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — E agora, quero-te apresentar também a minha sogra.
    — Deixa lá, não vale a pena. Já tenho uma e sei muito bem o que isso é.

     
  • Hugo 9:02 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um homem foi condenado por ter batido na sogra e teve de pagar mil e cem euros.
    — Sr. Juiz, mil euros, ainda vá lá, agora os cem euros…
    — Os cem euros são o imposto sobre divertimento.

     
  • Hugo 4:51 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Mamã, não quero casar com o Alfredo.
    — Porquê? É um bom moço…
    — Não. É céptico, sem religião, não acredita no Inferno.,
    — Ora. Casa-te, minha filha. Depois o convenceremos de que o Inferno existe.

     
  • Hugo 0:32 em 18 February, 2018 | Comentar!
    sogra   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Como Chegar aos Cem Anos
    O marido está a ler. A mulher rebusca tudo; gavetas, armários, etc. Ele interrompe a leitura e pergunta:
    — De que andas à procura?
    — De um livro.
    — E qual?
    — «Como chegar aos cem anos».
    — Não procures mais porque o queimei.
    — E porquê?
    — A tua mãe andava a lê-lo…

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar