Com as tags: casa Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    9 dias · , casa, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um gajo chega a casa e diz Olá… 

    Um gajo chega a casa e diz: Olá amor, toma este bonito ramo de rosas que comprei a pensar em ti ! A mulher responde, contrariada:
    -Fogo, lá vou ter que abrir as pernas hoje…
    E o marido diz-lhe:
    – Porque, não tens um vaso?
     
  • Anedota Comentar!
    9 dias · , casa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O rapaz viril másculo na casa dos trinta… 

    O rapaz viril, másculo, na casa dos trinta, acaba de fazer amor loucamente com sua esposa, com quem vive há cinco anos. Ele se vira pro canto com uma expressão preocupada e ela pergunta:

    • O que foi, amor?
    • Minha querida – diz ele, vacilante – Tenho sufocado um segredo dentro de mim durante todos estes anos que passamos juntos, mas sinto que não dá mais pra viver uma farsa…
    • Pode se abrir, querido!
    • Não sou o que aparento ser. Por dentro, na minha alma e na minha mente, sou uma mulher…
    • Mulher? – espanta-se ela – Mas acabamos de fazer amor loucamente e você sempre demonstrou que me deseja
    • Sabe, é difícil confessar…
    • Que você fingia?
    • Não, amor! Eu sou lésbica!

     
  • Anedota Comentar!
    30 dias · , , casa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    A esposa passou a noite fora de casa… 

    A esposa passou a noite fora de casa. Na manhã seguinte, explicou ao marido que tinha dormido na casa de uma amiga.

    O marido, então, telefonou para dez amigas. Nenhuma delas confirmou.

    O marido passou a noite fora de casa. Na manhã seguinte, explicou à mulher que tinha dormido na casa de um amigo.

    A esposa, então, telefonou para dez amigos do marido. Sete deles confirmaram, e os três restantes, além de confirmarem, garantem que ele ainda estava lá.

     
  • Anedota Comentar!
    38 dias · casa, , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Uma mulher acompanha o marido ao consultório médico… 

    Uma mulher acompanha o marido ao consultório médico. Depois de ser atendido, o médico chama a esposa reservadamente e diz: – Seu marido está com stress profundo. A situação é delicada, e se a senhora não seguir as instruções que vou lhe passar, seu marido certamente vai morrer. São apenas 10 instruções que salvarão sua vida:
    1) Toda manhã, prepare para ele um café reforçado;
    2) Para o almoço, ofereça refeições nutritivas;
    3) Para o jantar, prepare pratos especiais;
    4) Mantenha em casa um bom estoque de cerveja gelada;
    5) Não o atrapalhe quando ele estiver vendo futebol ou F1;
    6) Pare de assistir novelas;
    7) Não o aborreça com problemas do universo feminino;
    8) Deixe-o chegar no horário que desejar;
    9) Nunca questione onde estava;
    10) Faça sexo com ele onde, como e quando ele quiser.
    No caminho de casa, o marido pergunta: – O que foi que o médico disse?
    E ela responde: – Ele disse que você vai morrer.
     
  • Anedota Comentar!
    44 dias · , , , casa, , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um sujeito liga para casa para saber o… 

    Um sujeito liga para casa, para saber o que a esposa vai fazer para o jantar. – Alô?, diz uma vózinha de criança.
    – Ó, querida, é o papá. A mamã está perto do telefone?
    – Não, papá. Ela está lá em cima no quarto com o tio Chico.
    Após alguns segundos, o sujeito diz:
    – Mas querida, você não tem um tio chamado Chico!
    – Sim, eu tenho! E ele está lá em cima no quarto com a mamã.
    – Está bem, então eu quero que você faça o seguinte: Suba a correr as escadas, bata na porta do quarto e grite para a mamãe e para o tio Chico que meu carro acabou de parar na frente da casa.
    – Tá bem, papá.
    Alguns minutos depois, volta a menina:
    – Eu fiz o que você disse, papá.
    – E o que aconteceu?
    – Bem, a mamãe pulou da cama nua e começou a correr pelo quarto gritando, tropeçou no tapete e caiu pela janela da frente, e agora ela está morta!
    – Ó, meu Deus! E o tio Chico?
    – Ele pulou da cama nu também, estava muito assustado, e saltou pela janela do fundo para dentro da piscina, mas ele deve ter-se esquecido que você esvaziou a piscina na semana passada para limpar. Daí ele bateu a cabeça no fundo dela, e agora está lá, morto também.
    Uma longa pausa e o cara diz:
    – Piscina? Não tenho piscina! Por acaso o telefone daí é 35550739?
    – Não!
    – Desculpe, foi engano!
     
  • Anedota Comentar!
    45 dias · , , , casa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Corno porém sensato No meio de um julgamento… 

    Corno, porém, sensato
    No meio de um julgamento, pergunta o Juiz: – O senhor chegou em casa mais cedo e encontrou a sua mulher na cama com outro homem, correto?
    – Correto, meritíssimo!- diz o réu de cabeça baixa.
    Continua o juiz: – Então o senhor pegou sua arma e deu um tiro na sua mulher, matando-a na hora, correto?
    – Correto, meritíssimo! – repete o réu.
    – E por que o senhor atirou nela e não no amante dela?
    O réu responde: – Senhor Juiz…. Me pareceu mais sensato matar uma mulher uma única vez, do que um homem diferente todos os dias.
    Foi absolvido na hora! Corno… porém sensato…
     
  • Anedota Comentar!
    47 dias · , , casa, , , , , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O Tona adorava feijoada Porém sempre que comia… 

    O Tona adorava feijoada. Porém, sempre que comia, o feijão causava-lhe uma reacção fortemente embaraçosa. Algo muito forte. Um dia apaixonou-se. Quando chegou a altura de pedir a namorada em casamento, pensou:
    – Ela é de boas famílias, cheia de etiqueta, uma verdadeira atleta, não vai aguentar estar casada comigo se eu continuar a comer feijão.
    Decidiu fazer um sacrifício supremo e deixou-se de feijoadas. Pouco depois estavam casados. Passados alguns meses, ao voltar do trabalho no Douro, o carro avariou. Como estava longe, ligou para Sofia e avisou que ia chegar tarde, pois tinha que regressar a pé. No caminho, passou por um pequeno restaurante e foi atingido pelo irresistível aroma de feijoada acabadinha de fazer. Como faltavam vários quilómetros para chegar, achou que a caminhada o iria livrar dos efeitos nefastos do feijão.
    Então entrou, pediu, fez a sua pirâmide no prato e, ao sair, tinha três doses de feijoada no estômago. O feijão fermentou e durante todo o caminho foi-se peidando sem parar. Foi para casa a jacto. Peidava-se tanto que tinha que travar nas descidas, e nas subidas quase não fazia esforço para andar. Quando se cruzava com pessoas continha-se ou aproveitava a oportuna passagem dum ruidoso camião para soltar gás. Quando chegou a casa, já se sentia mais seguro.
    A mulher parecia contente quando lhe abriu a porta e exclamou:
    – Querido, tenho uma surpresa para o jantar!
    Tirou-lhe o casaco, pôs-lhe uma venda nos olhos, levou-o até à cadeira na cabeceira da mesa, sentou-o e pediu-lhe que não espreitasse. Nesse momento, já sentia mais uma ventosidade anal à porta! No momento em que Sofia ia retirar a venda, o telefone tocou. Ela obrigou-o a prometer que não espreitava e foi atender o telefone. Era a Xuxu. Enquanto ela estava longe, o Tona aproveitou e levantou uma perna e … ppuueett. Soltou um! Era um peido comum. Para além de sonoro, também fedeu como um ovo podre! Aliviado, inspirou profundamente, parou um pouco, sentiu o fedor através da venda e, a plenos pulmões, soprou várias vezes a toda a volta para dispersar o gás. Quando começou a sentir-se melhor, começou outro a fermentar! Este parecia potente. Levantou a perna, tentou em vão sincronizar uma sonora tossidela para encobrir, e … pprrraaaaaaaa! Sai um rasgador tossido. Parecia a ignição de um motor de camião e com um cheiro mil vezes pior que o anterior! Para não sufocar com o cheiro a enxofre, abanou o ar sacudindo os braços e soprando em volta ao mesmo tempo, esperando que o cheiro dissipasse. Quando a atmosfera estava a voltar ao normal, eis que vem lá outro. Levantou a outra perna e deixou sair o torpedo! Este foi o campeão!
    As janelas tremeram, os pratos saltaram na mesa, a cadeira saltou e num minuto as flores da sala estavam todas murchas. Quase lhe saltavam os sapatos dos pés. Enquanto ouvia a conversa da Sofia ao telefone no corredor, sempre fiel à sua promessa de não espreitar, continuou assim por mais uns minutos, a peidar-se e a tossir, levantando ora uma perna ora a outra, a soprar à volta, a sacudir as mãos e a abanar o guardanapo. Uma sequência interminável de bufas, torpedos, rasgadores e peidos comuns, nas versões seca e com cheiro. De onde em onde acendia o isqueiro e desenhava com a chama círculos no ar para tentar incinerar o nefasto metano que teimava em acumular-se na atmosfera. Ouviu Sofia a despedir-se da Xuxu e, sempre com a venda posta, levantou-se apressadamente, e com uma mão deu umas palmadas na almofada da cadeira para soltar o gás acumulado, enquanto abanava a outra mão para espalhar. Quando sacudia e batia palmadinhas nas calças largas para se libertar dos últimos resíduos, ouviu o plim do telefone a desligar, indicando o fim da solidão e da liberdade de expressão anal. Alarmado, sentou-se rapidamente e, num frenesim, abanou apressadamente mais algumas vezes o guardanapo, dobrou-o, pousou-o na mesa, compôs- se, alinhou o cabelo, respirou profundamente, pousou as mãos ao lado do prato e assumiu um ar sorridente. Era a imagem da inocência quando Sofia entrou na sala. Desculpando-se pela demora, ela perguntou-lhe se tinha olhado para a mesa. Depois de ele jurar que não, ela retira-lhe a venda, e, surpresaaaaa!!!
    Estavam 12 pessoas perplexas, lívidas e assarapantadas, sentadas à mesa: os sogros, os cunhados e alguns colegas de tantos anos de trabalho.
    Era a festa-surpresa de aniversário do TONA!
     
  • Anedota Comentar!
    57 dias · , casa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um alemão um francês um inglês e um… 

    Um alemão, um francês, um inglês e um português apreciam o quadro de Adão e Eva no Paraíso.
    O alemão comenta: – Olhem que perfeição de corpos: Ela, esbelta e espigada; Ele, com este corpo atlético, os músculos perfilados. Devem ser alemães.
    Imediatamente, o francês contesta: – Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende das figuras: Ela, tão feminina, Ele, tão masculino, Sabem que em breve chegará a tentação. Devem ser franceses.
    Movendo negativamente a cabeça o inglês comenta: – Que nada! Notem a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto. Só podem ser ingleses.
    Depois de alguns segundos mais, de contemplação silenciosa, o português declara: – Não concordo. Olhem bem: não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa, só têm uma maçã para comer.
    Mas não protestam, só pensam em sexo, e pior, acreditam que estão no Paraíso. Só podem ser portugueses.
     
  • Anedota Comentar!
    58 dias · , , , casa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Joãozinho estava brincando no páteo da escola quando… 

    Joãozinho estava brincando no páteo da escola, quando viu o carro do seu pai passando em direção ao mato atrás da escola. Ele seguiu o carro e viu seu pai e tia Jane, se abraçando apaixonadamente!!! Joãozinho achou isso tão excitante, que não se conteve e correu para casa, para contar à sua mãe o que tinha visto.
    – Mamãe, mamãe, eu estava no páteo da escola, quando vi o carro do papai indo para o mato com a tia Jane dentro! Eu fui atrás para ver e ele estava dando o maior beijo na tia Jane! Depois ele a ajudou a tirar sua blusa! Aí tia Jane ajudou papai a tirar suas calças e depois a tia Jane…!
    Nesse ponto a Mamãe o interrompeu e disse:
    – Joãozinho, essa é uma história tão interessante, que tal você guardar o resto dela para hora do jantar? Eu quero ver a cara do seu pai, quando você contar tudo isso hoje à noite!!!
    Na hora do jantar, a Mamãe pediu pro Joãozinho para contar sua história. Joãozinho começou a sua contar:
    – Eu estava brincando no páteo da escola, quando vi o carro do papai indo para o mato com a tia Jane dentro. Aí, fui correndo atrás para ver e ele estava dando o maior beijo na tia Jane. Depois ele a ajudou a tirar sua blusa. Aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calcas e depois a tia Jane e o papai começaram a fazer as mesmas coisas que a mamãe e o tio Bill faziam, quando o papai estava no exército.
    A mamãe desmaiou!
     
  • Anedota Comentar!
    64 dias · casa, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O pior inquilino do mundo Que criatividade Moras… 

    O pior inquilino do mundo…
    Que criatividade…
    Moras em casa alugada? E não te sentes feliz?
    Então talvez te confortes saber que existem pessoas em situação pior que a tua.
    O pior inquilino é o espermatozóide.
    Mora com milhões de irmãos na casa do caralho…
    O apartamento é um ovo.
    O prédio é um saco.
    Os vizinhos da frente, uns pintelhos.
    O de trás, só faz merda.
    E o proprietário quando fica duro põe toda a gente para fora.
    E tu ainda reclamas da vida!!!
     
  • Anedota Comentar!
    73 dias · casa   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Sabes qual é a diferença entre o papel… 

    Sabes qual é a diferença entre o papel higiénico e as cortinas da casa de banho
    – Não.
    – Ah, então foste tu.
     
  • Anedota Comentar!
    78 dias · , , casa, , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Certa tarde um famoso banqueiro ia para casa… 

    Certa tarde, um famoso banqueiro ia para casa na sua “limousine” quando viu dois homens à beira da estrada, a comer erva.
    Ordenou ao motorista que parasse e, saindo, perguntou a um deles: – Porque estais a comer erva?
    – Não temos dinheiro para comida… – disse o pobre homem – . Por isso temos que comer erva.
    – Bem, então venham à minha casa e eu lhes darei de comer – disse o banqueiro.
    – Obrigado, mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo daquela árvore.
    – Que venham também – disse novamente o banqueiro. E, voltando-se para o outro homem, disse-lhe: – Você também pode vir.
    O homem, com uma voz muito sumida disse: – Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo!
    – Pois que venham também – respondeu o banqueiro. E entraram todos no enorme e luxuoso carro.
    Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse: – O senhor é muito bom… Obrigado por nos levar a todos!
    O banqueiro respondeu: – Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Ireis ficar encantados com a minha casa… A erva está com mais de 20 cm de altura!
    “Quando achares que um banqueiro (ou banco) está a ajudar-te, não te iludas, pensa um pouco antes de aceitares qualquer acordo…”
     
  • Anedota Comentar!
    80 dias · , casa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um alentejano queria livrar sedum gato Levou o… 

    Um alentejano queria livrar-se
    dum gato. Levou-o até uma n esquina distante e voltou para a
    casa.
    Quando chegou a casa, o gato já lá estava.
    Levou-o novamente, agora para mais longe.
    e No regresso encontrou o gato novamente em casa.
    Fez isso mais umas três vezes mas o gato voltou sempre para casa. Furioso, pensou: “Vou
    dlixar este gato!” Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o dentro de um saco e colocou-o na mala do carro.
    Subiu à serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas, deu mil voltas… e acabou por soltar o gato no meio do mato.
    Passados dois dias, o alentejano liga para casa:
    – Tá, Maria, o gato já chegou?
    – Sim…
    – Ainda bem, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido…
     
  • Anedota Comentar!
    93 dias · , casa, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No primeiro dia de aula numa escola secundária… 

    No primeiro dia de aula, numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki, vindo do Japão.
    A aula começa e a professora:
    – Vamos ver quem conhece a história americana. Quem disse: Dê-me a liberdade ou a morte? Silêncio total na sala. Apenas Suzuki levanta a mão:
    – Patrick Henry em 1775 em Filadélfia.
    — Muito bem, Suzuki.
    E quem disse: O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se?
    Suzuki:
    – Abraham Lincoln, em 1863, em Washington.
    A professora olha os alunos e diz:
    – Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana que vocês! Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo:
    – Japonês filho da puta!
    – Quem foi?, grita a professora.
    Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde:
    – General McArthur, em 1941, em Pearl Harbour.
    A turma fica super silenciosa. Apenas se ouve do fundo da sala:
    – Acho que vou vomitar.
    – Quem foi?, grita a professora novamente.
    E Suzuki:
    – George Bush Sénior, ao Primeiro-Ministro Tanaka, durante um almoço em Tókio, em 1991.
    Um dos alunos fala:
    – Chupa-me o pau!
    E a professora, irritada:
    – Acabou-se! Quem foi agora?
    E Suzuki, sem hesitações:
    – Bil Clinton à Mónica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997.
    E outro aluno fala ao fundo:
    – Suzuki de merda!
    E Suzuki responde:
    – Valentino Rossi, no Grande Prêmio de Moto de Velocidade, no Rio de Janeiro, em 2002.
    A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta abre-se e entra o diretor, que diz:
    – Que merda é essa? Nunca vi uma confusão deste tamanho!
    E Suzuki, bem alto:
    – Mariano Gago para José Sócrates em 2007, após ter recebido o relatório da inspeção feita à Universidade Independente.
     
  • Anedota Comentar!
    100 dias · casa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O empresário chega a casa vira se para… 

    O empresário chega a casa, vira-se para a mulher e diz:
    – Querida, recebi uma Notificação do Inspetor das Finanças a respeito do atraso na entrega da declaração do IRS! Achas que devo comparecer na Repartição de jeans ou de fato e gravata?
    – Bem, querido. Digo-te a mesma coisa que a minha mãe me disse quando lhe perguntei se, na noite das nossas núpcias, eu devia usar uma cuequinha de rendas ou uma cuequinha de seda!
    – E o que foi que a tua mãe te disse?
    – Tanto faz. Ele vai-te foder na mesma!
     
  • Anedota Comentar!
    101 dias · , casa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um amigo desabafa com outro Sabes Sempre que… 

    Um amigo desabafa com outro:
    – Sabes… Sempre que discutimos, a minha mulher ameaça ir para casa da mãe dela…
    – Olha, tens sorte… A minha ameaça sempre trazer a mãe para nossa casa!
     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar