Com as tags: coisa Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    68 dias · , , , , , coisa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No meio de uma longa viagem, a aeromoça pergunta a um dos passageiros:

    – O senhor aceita uma Banana Split?

    – Não, obrigado… Eu sou diabético!

    – Então que tal um pudim de leite condensado?

    – Eu não posso! – repetiu ele – Sou diabético!

    – Tudo bem – tornou a aeromoça – Que tal a sugestão da casa, ou melhor, do avião? Um delicioso mousse de chocolate, com cobertura de chantilly!

    – Moça, você não está entendendo! – disse ele, começando a se alterar – Eu sou diabético!!!

    – Ah, eu sei de uma coisa que o senhor vai adorar: nossa torta holandesa! Uma delícia…

    – Porra! – grita ele, batendo no braço da poltrona – Eu já falei umas mil vezes que sou diabético! Será que você é surda! Eu não posso comer essas porcarias, eu sou diabético! EU SOU DIABÉTICO!!!

    – Regina! – grita a aeromoça, chamando uma de suas colegas – O moço aqui tá uma pilha de nervos! Traz uma água com açúcar pra ele!
     
  • Anedota Comentar!
    96 dias · coisa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No fim da festinha, o sujeito confidencia ao colega de trabalho:

    – Aquela loura ali é minha mulher. E a morena gostosinha conversando com ela é a minha amante.
    – Que coincidência! Para mim é a mesma coisa, só que justo ao contrário!
     
  • Anedota Comentar!
    98 dias · , coisa,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Ao ver o irmão tomar banho pela primeira vez, a garotinha fica assustada e vai falar com a mãe:

    – Mamãe, mamãe! Tem alguma coisa na periquita do Joãozinho!
    – Não, filhinha – responde a mãe, achando graça – Aquilo é o piu-piu do seu irmão!
    – Piu-piu? – exclama a garotinha – E por que eu não tenho um daqueles?
    – Se você tiver juízo, vai ter um só pra você, quando crescer!

    A garotinha pensa por alguns segundos e pergunta:

    – Tá bom… Mas e se eu não tiver juízo?
    – Bom… Se não tiver juízo, você vai ter vários!
     
  • Anedota Comentar!
    101 dias · , , , coisa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um casal para comemorar o aniversário de casamento resolve ir a um motel 5 estrelas, daqueles com teto removível, coisa de cinema.

    Transam a vontade, a mulher fica tão feliz que resolve levar uma lembrança daquela noite, e leva uma toalha de banho, com o nome do motel bordado.

    Ao sair, na portaria, é apresentada a conta, estadia, a champagne etc, e R $ 200 pela toalha. O marido não concorda, discute, dizendo que eles não pegaram a toalha, e o recepcionista insiste dizendo que está faltando.

    Então o marido resolve falar com a mulher em particular, e ela admite que pegou, ele toma dela e encabulado a devolve na recepção. Refazem a conta e ele ainda envergonhado entrega o cartão de crédito, quando o o recepcionista fala:

    – Não se preocupe não, nós já estamos acostumados com isso, essas piranhas são assim mesmo…
     
  • Anedota Comentar!
    107 dias · coisa, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O Empresário chega para mulher e diz:

    – Querida, recebi uma intimação da Secretaria da Receita Federal a respeito do atraso na entrega da Declaração do Imposto de Renda. Você acha que devo comparecer de jeans ou de terno e gravata na repartição?
    – Bem, querido, digo a mesma coisa que minha mãe me disse quando perguntei se, na nossa noite de núpcias, eu deveria usar calcinhas de rendas ou de seda.
    – E o que foi que ela disse?
    – Tanto faz, ele vai te f**er de qualquer jeito!
     
  • Anedota Comentar!
    108 dias · , coisa,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O surfista malhava, fazia jiu-jitsu, e ainda por cima era campeão estadual de surfe. Naturalmente, era muito vaidoso. Um dia, ao se olhar no espelho, viu que suas partes íntimas estavam muito brancas. Não combinavam com o belo bronzeado do resto de seu corpo. Então, ele teve uma ideia… No dia seguinte, foi à uma praia deserta, tirou o calção e se enterrou na areia, deixando apenas o respectivo de fora…

    Nisso veio andando uma velhinha que, ao deparar-se com aquele estranho “objeto” na areia, falou, numa voz tremula :

    – Quando eu tinha 20 anos, eu tinha medo dessa coisa… Quando eu tinha 40 anos, eu queria mais e mais dessa coisa… Quando eu tinha 60 anos, eu tinha que pagar para ter essa coisa… Hoje, que eu tenho 80, essa droga cresce em qualquer lugar !!
     
  • Anedota Comentar!
    110 dias · , , coisa, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Dois amigos conversam:

    – Cara, eu odeio ir em festa de casamento!
    – É mesmo? Por quê?
    – As minhas tias sempre ficam falando “O próximo vai ser você! O próximo vai ser você!”
    – Putz… é fogo! Mas eu conheço um jeito de você fazer elas pararem…
    – É mesmo? Como?
    – Começa a fazer a mesma coisa com elas nos funerais!
     
  • Anedota Comentar!
    124 dias · , , , , coisa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Entra um sujeito num bar e diz para o barman:

    – Quero que o Sr. me pague uma bebida!

    O barman, muito admirado, responde que não. Diz que o bar dele não é a Santa Casa de Misericórdia.

    Então o cliente diz o seguinte:

    – Ah! Eu tenho aqui uma coisa impressionante e, se eu te mostrar, você vai me pagar uma bebida!

    O barman, intrigado, pede que ele mostre logo. Então o cliente tira do sobretudo um baralho de cartas com cerca de 30 cm. O barman fica perplexo e, como nunca tinha visto um jogo de cartas tão grande, resolve pagar uma bebida para o cidadão. Alguns jogos e copos depois, o barman resolve perguntar ao homem onde ele tinha arranjado tal estranho baralho.

    – Eu tenho um geniozinho que concede desejos!!

    O barman, todo empolgado, pede logo ao homem que lhe mostre o geniozinho para pedir alguma coisa. O cara esfrega uma lâmpada e realmente aparece o tal gênio, dizendo o seguinte:

    – Vou te conceder um único desejo, mas fala logo que eu quero voltar a dormir!

    O barman então, sem pensar muito, pede a primeira coisa que lhe vem à cabeça:

    – Quero um milhão! Um milhão em notas!

    O geniozinho estala os dedos e, de repente, o bar fica entulhado de botas.

    – Botas???? Eu pedi um milhão em notas e não em botas! Essa porra desse gênio é um bocado surdo, não acha??

    O homem responde:

    – Claro que eu acho!! Ou você realmente acredita que eu ia pedir um baralho de 30 cm???!
     
  • Anedota Comentar!
    130 dias · , , coisa, , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Na manhã de 11 de setembro de 2001, numa elegante sala do 17º andar da Torre Norte do World Trade Center, por volta das nove da manhã, o gerente de negócios de um desprestigiado escritório de contabilidade, resolve convidar a gostosíssima secretária para fazer uma conciliação de contas, num hotel de segunda categoria, na ilha de Mãe Ratan.

    Precisamente, às 11 horas e 4 minutos, enquanto a garota ainda se esforçava para tirar o líquido do bruto, toca o celular do sujeito.

    Era a sua esposa, em prantos:

    – Ai… meu amor… graças a Deus… você está bem? onde você está?
    – Oi querida, estou ótimo! Deculpe mas não posso falar com você agora. Estou no meio de uma reunião com o pessoal da Auditoria e a coisa aqui tá pegando fogo!
     
  • Anedota Comentar!
    141 dias · coisa, ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Dois velhinhos estavam conversando lá na pracinha, na véspera do Natal:

    – Antenor, que coisa linda é o Natal. Será que existe alguma coisa melhor que o Natal???
    – Ah! Aparício… O SEXO também é muito bom.
    – E você, o que prefere mais: o sexo ou o Natal?
    – Sexo.
    – Por quê?
    – Porque Natal tem todo ano…
     
  • Anedota Comentar!
    143 dias · , , , coisa, , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um policial está na estrada, chegando no Posto Rodoviário onde trabalha e avista um carro andando em baixíssima velocidade. Imediatamente ele faz sinal para o carro parar e vai falar com o motorista. Aliás, a motorista. É uma velhinha acompanhada de três amigas da mesma faixa etária.

    – Não sei se a senhora sabe, mas andar devagar demais pode provocar um acidente! – adverte o guarda.
    – Mas, seu guarda! Eu só estou obedecendo a sinalização! Será possível que hoje em dia, só porque ninguém respeita a sinalização…
    – Um minuto, senhora! – interrompe o policial – Posso saber que sinalização a senhora está respeitando?

    A velhinha não diz nada. Só aponta uma placa onde está escrito “BR-050”.

    – Mas, minha senhora… Aquela placa não indica o limite de velocidade e sim o número da estrada, BR-050… Olha, eu não vou multá-la se a senhora prometer ter mais atenção, tudo bem?
    – Tá certo… Tá certo…
    – Só mais uma coisa – torna o guarda – As demais senhoras estão passando bem? Elas parecem tão assustadas…
    – Elas já vão melhorar! – responde a velhinha – É que nós acabamos de sair da BR 201…
     
  • Anedota Comentar!
    154 dias · coisa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    E o delegado, para o genro da vitima:

    – Eu não consigo entender como é que o senhor, ao ver um homem agredindo a sua sogra, pôde permanecer de bracos cruzados!

    O genro responde:

    – Pois é, doutor! Eu até que estava com vontade de fazer alguma coisa, mas…

    O delegado interrompe:

    – Mas, o que?

    Ao que o genro responde:

    – Achei que dois caras batendo numa velhinha seria muita covardia!
     
  • Anedota Comentar!
    191 dias · , , , coisa, , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Numa cidadezinha do interior, o Prefeito vai ter com aquele famoso advogado.

    – Doutor – começa ele. – Segundo informações de nosso departamento financeiro o senhor teve uma renda no ano passado de quase 1 milhão de reais, é verdade?
    – Sim, é verdade – confirma o advogado.
    – E segundo esse mesmo departamento o senhor não fez nenhuma contribuição às nossas obras sociais.
    – Isso também é verdade, Prefeito. Mas, me diga uma coisa, o seu departamento financeiro não lhe informou que a minha mãe morreu de câncer o ano passado e que a conta do hospital ficou em quase 200 mil reais?
    – Nã… nã… não, senhor!
    – E também não lhe informaram que o meu irmão sofreu um acidente e está tetraplégico, tem seis filhos pequenos e a família não tem renda nenhuma?
    – Nã… não… me informaram, senhor!
    – E também não lhe informaram que a minha irmã perdeu a sua casa, o seu carro e todos os seus móveis em uma enchente?
    – Não, não sabia, desculpe-me… eu…
    – E se eu não dei nenhum centavo para eles, você acha que eu vou dar para suas obras sociais?
     
  • Anedota Comentar!
    258 dias · coisa, , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um marinheiro passou um ano navegando e quando volta, encontra sua esposa com um filho japonês no colo.

    Irritado, por nem ele nem a esposa serem japoneses, o marinheiro perguntou a esposa o que havia acontecido. Ela, calmamente lhe explicou:

    – Ele nasceu branquinho e sem os olhos puxados, mas como eu não tinha leite, uma ama-de-leite japonesa se ofereceu para amamentá-lo. Eu aceitei e ele ficou assim.

    Como o marinheiro não entendia nada de crianças, resolveu perguntar à sua mãe se era realmente possível acontecer uma coisa dessas. A velha, depois de escutar tudo, respondeu indignada:

    – É claro que é possível, meu filho! Quando você nasceu aconteceu a mesma coisa: eu não tinha leite, coloquei você pra mamar numa vaca e é por isso que você está chifrudo desse jeito!
     
  • Anedota Comentar!
    260 dias · , , , , , , , coisa, , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um jovem casal tinha sido convidado para uma enorme e muito bem frequentada festa à fantasia. Tudo foi planeado, as fantasias foram compradas e tudo foi preparado para o grande dia.

    Algumas horas antes da festa a moça reclama de fortes dores de cabeça e diz ao marido que terá que ficar em casa. Ele fica sem jeito e ela, não querendo atrapalhar, recomenda ao marido que vá sozinho à festa. Prestativo, ele diz:

    – Meu amor, eu fico aqui com você, sem problemas…
    – Não, meu bem! Eu não quero estragar a sua noite! Eu vou tomar um comprimido e dormir… Se divirta por mim!

    Então ele pega sua fantasia de Batman e vai para a festa.

    A esposa, após dormir por uma hora, acorda sem dores e conclui que ainda é tempo de ir à festa. Como o seu marido ainda não sabia qual era a sua fantasia, ela aproveita a oportunidade para assisti-lo em ação quando ela não está por perto. Ansiosa, ela pega a sua fantasia de Mulher-Maravilha se dirige para o local.

    Chegando à festa ela logo vê seu marido dançando com uma loira escultural. Prevendo o perigo, ela começa a se esfregar nele e insinua que está disposta a tudo. Sem reconhecê-la, o homem dispensa a loiraça e começa a se esfregar na Mulher-Maravilha. Algumas carícias e apertos e eles vão para o carro, sem parar para conversar. Lá eles dão uma rapidinha e em seguida a Mulher-Maravilha se apressa em ir embora.

    Desapontada com a atitude do marido e ansiosa para pregar-lhe uma peça, ela vai direto para casa e volta para a cama. Então, no café da manhã, ela pergunta, insinuante:

    – Então meu bem, como foi a festa?
    – Ah, a mesma coisa de sempre. Você sabe que eu nunca me divirto quando você não está – diz o marido, com tranquilidade.

    Então ela continua:

    – Ah, é? E você dançou muito?
    – Se eu contar você não acredita! Eu não dancei nenhuma música! Quando cheguei na festa, encontrei o Zeca e o resto do pessoal, então fomos para a cozinha e jogamos pôquer a noite inteira… Mas eu vou te dizer uma coisa: o cara que pegou a minha fantasia emprestada disse que teve uma noite incrível!
     
  • Anedota Comentar!
    261 dias · coisa, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Ao ver a filha saindo para uma festa, a mãe aconselha:

    – Divirta-se, minha filha, mas porte-se bem, ouviu?
    – Ora, mamãe, ou uma coisa, ou outra…
     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar