Com as tags: carta Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Anedota 23:26 em 27 July, 2020 | Comentar!
    carta   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Lição de Física. Pergunta o pai:

    • Chiquinho: Qual é a utilidade do vapor que faz levantar a tampa da cafeteira quando a água ferve?
    • A utilidade… a utilidade… Já sei. Serve para a mamã abrir as cartas antes que o paizinho as veja.
     
  • Anedota 11:14 em 27 July, 2020 | Comentar!
    carta   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Estou apavorado! Recebi uma carta em que um homem diz que me matará se eu não me afastar da sua mulher.
    — Ora, o que tens a fazer é afastar-te dela.
    — Sim, mas acontece que o homem não assinou a carta.

     
  • Anedota 10:47 em 26 July, 2020 | Comentar!
    carta   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um doido estava a escrever uma carta, quando o médico chegou, viu e concluiu:
    — Este aqui deve estar bom. Já escreve cartas!
    Chegou perto dele e perguntou:
    — Para quem é essa carta?
    — É para mim mesmo, doutor, eu nunca recebo cartas de ninguém.
    — E o que diz a carta?
    — Como é que eu posso saber se ainda não a recebi?

     
  • Anedota 22:25 em 25 July, 2020 | Comentar!
    carta,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Rapaz: onde puseste a carta que deixei em cima da secretária?
    — Deitei-a no correio.
    — Estúpido! Não viste que ainda não tinha direcção no sobrescrito?
    — Vi, sim, senhor. Mas pensei que o patrão não queria que se soubesse para onde ela ia.

     
  • Anedota 17:45 em 15 February, 2020 | Comentar!
    , , carta, , , , , ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um talhante entra no escritório de um advogado… 

    Um talhante entra no escritório de um advogado e pergunta:
    — Se um cão à solta na rua entra num talho e rouba um pedaço de carne, o dono da loja tem direito a reclamar o pagamento ao dono do cão?
    — Sim, claro — responde o advogado.
    — Então o doutor deve-me dois euros. O seu cão andava à solta e roubou um chouriço da minha loja.
    Sem reclamar, o advogado preenche um cheque no valor de dois euros e entrega-o ao talhante. Alguns dias depois, este recebe uma carta do advogado, cobrando quinze euros pela consulta.

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar