Com as tags: jardim Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    14 dias · jardim, , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Uma senhora foi para a maternidade para ter… 

    Uma senhora foi para a maternidade para ter dois bebés: 1 rapaz e 1 rapariga gémeos.
    Em homenagem a sua terra ela chamou a menina de Madeira e o menino de João Jardim.
    O Dr. Alberto João Jardim, ao saber da notícia, foi visitar a mãe e bebés.
    Ao chegar, a senhora estava a dar peito ao menino e o Sr. Jardim tenta agradecer pela linda ideia dos nomes.
    A senhora interrompe-o e diz baixinho: Chiiiiuuuu!!! Se a Madeira acorda, o João Jardim não mama mais…
     
  • Anedota Comentar!
    26 dias · , , , jardim   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Dois leões fugiram do Jardim Zoológico Um dos… 

    Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.
    Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.
    Depois de uma semana, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.
    Voltou magro, faminto e alquebrado. Foi preciso pedir a um deputado que arranjasse vaga no Jardim Zoológico outra vez. Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula.
    Passados oito meses o leão que fugira para o centro da cidade foi recapturado. E voltou para o Jardim Zoológico gordo, sadio, a vender saúde!
    Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:
    – Como é que conseguiste ficar na cidade este tempo todo e ainda voltar com essa saúde?
    O outro leão então explicou:
    – Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.
    – E porque voltaste então para cá? Tinham acabado os funcionários?
    – Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca mais acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Tinha comido o director geral, um director de serviços, um chefe de divisão, um chefe de repartição, um chefe de secção, diversos funcionários e ninguém deu pela falta deles! Mas, no dia em que eu comi o contínuo que servia o café, apanharam-me!
     
  • Anedota Comentar!
    51 dias · , , , , , , , , jardim, , , , , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Numa escola de Lisboa onde há alunos de… 

    Numa escola de Lisboa, onde há alunos de vários estratos sociais, durante uma aula de Português, a professora perguntou:
    – Dêem exemplos de frases com a palavra ÓBVIO?
    Cátia Vanessa, uma das alunas mais aplicadas da turma, sempre muito bem vestida, ar de menina bem, respondeu:
    – Senhora professora, hoje acordei bem cedo, ao nascer do sol, depois de uma óptima noite de sono no conforto do meu quarto. Desci a enorme escadaria da minha vivenda e fui à copa onde tomei o pequeno-almoço. Depois de me deliciar com as mais apetitosas iguarias fui até à janela que dá para o jardim. Vi a porta da garagem aberta e que lá se encontrava guardado o Ferrari do meu pai. Pensei cá com os meus botões: ‘É ÓBVIO que o papá foi trabalhar de Mercedes’.
    Luís Cláudio, aluno de família classe média, não quis ficar atrás e disse:
    – Professora, hoje não dormi nada bem porque o meu colchão é um bocado duro, mas apesar disso ainda consegui dormir alguma coisa. Tinha ligado despertador e por isso acordei a horas. Levantei- me cheio de sono, comi um pão torrado com manteiga e tomei café com leite. Quando sai para a escola vi o Fiat Uno do meu pai parado na garagem. Disse cá para comigo: ‘É ÓBVIO que o pai não devia ter gasolina e foi trabalhar de autocarro’.
    Embalado na conversa, Geofredo Motumba Júnior, um preto da Cova da Moura, também quis responder:
    – Féssora, hoje eu quasi num dormiu porqui houve cunfusão lá nos meu rua, com tiro e tudo. Só acordei di manhã porque estava a esmorrer di fome, mas num havia nada pra comer lá nos casa. Espreitei pela janela e viu os minha vó vistido cum os camisola dus Porto e cos jornal dibaixo dus braço e aí eu pensou: ‘É ÓBVIO qui vai cágá. Num sabi ler!!!’.
     
  • Anedota Comentar!
    62 dias · , , , , jardim, , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Numa galeria de arte uma mulher está parada… 

    Numa galeria de arte, uma mulher está parada em frente de um quadro muito estranho, cujo nome é: ‘Foi almoçar a casa’.
    Nele, estão representados três negros, nus, sentados num banco de jardim, com os seus pénis em primeiro plano. Mas, curiosamente, o homem do meio tem o pénis cor-de-rosa…
    – Desculpe-me – diz a mulher ao funcionário da galeria- eu estou curiosa a respeito desses negros. Por que é que o homem do meio tem o pénis cor-de-rosa?
    O funcionário responde: -Receio que a senhora não tenha interpretado bem o quadro.
    Esses homens não são negros; eles trabalham numa mina de carvão, e o homem que está sentado no meio…’Foi almoçar a casa’…!
     
  • Anedota Comentar!
    135 dias · , , , jardim   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No sanatório um corinthiano sádico um são paulino… 

    No sanatório um corinthiano sádico, um são paulino masoquista, um palmeirense assassino, um flamenguista necrófilo, um santista zoófilo e um botafoguense piromaníaco estão sentados num banco de jardim dentro de um sanatório, sem saber como ocupar o tempo.
    Diz o santista zoófilo:
    – E aí, vamos transar com um gato?
    Então diz o corinthiano sádico:
    – Vamos transar com um gato e depois torturá-lo!
    E diz o palmeirense assassino:
    – Vamos transar com um gato, torturá-lo e depois matá-lo!
    Diz o flamenguista necrófilo:
    – Vamos transar com um gato, torturá-lo, matá-lo e depois transamos com ele outra vez!
    E diz o botafoguense piromaníaco:
    – Vamos transar com um gato, torturá-lo, matá-lo, transar com ele outra vez e atear-lhe fogo!
    Segue-se um silêncio, todos olham para o são paulino masoquista e perguntam:
    – E aí?
    E diz o são paulino:
    – Miau!
     
  • Anedota Comentar!
    197 dias · , , jardim,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um homem na rua a certa altura passa… 

    Um homem na rua a certa altura passa pelo que parecia um jardim de uma qualquer instituição de apoio a malucos, rodeado por uma cerca de tábuas de madeira, ouve do outro lado umas vozes a entoar:
    – Treze! Treze! Treze!
    Curioso, procurou um buraquinho numa das tábuas, por onde pudesse espreitar. Feito isto, alguém lhe espeta um dedo no olho e o homem recua meio atarantado, ao que se ouve de imediato:
    – Catorze! Catorze! Catorze!
     
  • Anedota Comentar!
    330 dias · jardim   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    – No jardim zoológico uma criança mais pequena… 

    – No jardim zoológico, uma criança mais pequena olha atentamente para um carpinteiro que fazia obras, e pergunta: – Paizinho, este é que é o bicho-carpinteiro?

     
  • Anedota Comentar!
    1211 dias · , jardim, , vizinhos   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O calor naquela tarde era insuportável: 40 graus 

    O calor naquela tarde era insuportável: 40 graus. O marido vira-se para a mulher e diz:
    -Puxa, meu torrãozinho de açúcar, estou com tanto calor que me estou a derreter, acho que vou lá para fora cuidar do jardim, todo nu.
    Acha que os vizinhos vão se importar?
    -Vão achar que casei com você só por causa do dinheiro.

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar