Anedotas e Piadas Página 3 Mostrar Comentários | Atalhos

  • Anedota Comentar!
    11 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    — Podias-me emprestar 500 euros?
    — Não. Não tenho aqui.
    — E lá em casa?
    — Lá em casa estão todos bem, muito obrigado.

     
  • Anedota Comentar!
    11 dias · ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No psiquiatra:
    — Diga-me: foi soldado?
    — Não, sr. doutor; sou feito duma só peça.

     
  • Anedota Comentar!
    12 dias ·  
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um gajo levanta se de madrugada para fazer… 

    Um gajo levanta-se de madrugada para fazer um xixi e diz p’rá pila:
    – Tás a ver? Quando tu queres, eu levanto-me!
     
  • Anedota Comentar!
    12 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O freguês, à empregada:
    — Quero comprar um presente para uma pequena.
    — Tenho umas lindas meias de «nylon». Quer vê-las?
    — Sim, é claro… Mas primeiro vamos tratar do presente…

     
  • Anedota Comentar!
    12 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    A senhora, na chapelaria:
    — Tem chapéus para meninos, de palha?
    — Não, minha senhora.
    — Mas eu estou a vê-los, ali.
    — Então… traga cá os meninos de palha.

     
  • Anedota Comentar!
    13 dias · boneco   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O que é que um boneco de neve… 

    O que é que um boneco de neve diz para outro?
    – Não te cheira a cenoura?!
     
  • Anedota Comentar!
    13 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    — A senhora quer levar o insecticida?
    — Pois claro. Ou queria que mandasse cá os insectos?

     
  • Anedota Comentar!
    13 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Um Alentejano queria livrar se dum gato Levou… 

    Um Alentejano queria livrar-se dum gato. Levou-o até uma esquina distante e voltou para a casa. Quando chegou a casa, o gato já lá estava. Levou-o novamente, agora para mais longe. No regresso encontrou o gato novamente em casa. Fez isso mais umas três vezes e o gato voltava sempre para casa. Furioso pensou: “Vou lixar este gato!” Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o dentro de um saco e colocou-o na mala do carro. Subiu a serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas, deu mil voltas… e acabou por soltar gato no meio do mato. Passados uns dois dias, o alentejano liga para casa. – Tá, Maria? O gato já chegou? – Sim… – Ainda bem, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido…

     
  • Anedota Comentar!
    14 dias · , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Cúmulo da Dificuldade
Tirar macacos do nariz com luvas… 

    Cúmulo da Dificuldade
    
Tirar macacos do nariz com luvas de boxe.
     
  • Anedota Comentar!
    14 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Durante um inquérito:
    — Nome?
    — Joana.
    — Casada?
    — Sim.
    — Que faz o seu marido?
    — Fabricante.
    — Crianças?
    — Não. Loiças.

     
  • Anedota Comentar!
    14 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O juiz: O senhor é acusado de ter roubado uma bicicleta, mas, à falta de provas, temos de lhe restituir a liberdade.
    O réu: ó senhor juiz, e então nesse caso posso ficar com a bicicleta?

     
  • Anedota Comentar!
    15 dias · ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Dois irmãos eram anões Num sábado a noite… 

    Dois irmãos eram anões. Num sábado a noite resolvem ir pra farrear e vão para um bordel. Depois de tomar umas e outras, eles pegam umas meninas e vão para os quartos. Mesmo estando animado, um dos anões não consegue ter uma ereção e fica ainda mais desapontado quando ouve o seu irmão no quarto ao lado:
    -Um, dois, três e… já! Um, dois, três e… já! Um, dois, três e… já!
    Acabada a hora do programa, os anões se encontram para irem embora e o que broxou comenta:
    -Pô! Foi uma merda! Por mais que eu tentasse, não consegui. A coisa não subia! Não tive ereção.
    -Ereção? – responde o outro, puto, – e eu que nem consegui subir na cama?!
     
  • Anedota Comentar!
    15 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Na Boa-Hora, no 3.° Distrito Criminal, é julgado um rapaz de 16 anos, que já conta no seu activo nada mais nada menos de vinte e quatro prisões.
    O juiz, repreensivo, antes de ler a sentença:
    — Eu não lhe disse, a última vez que se apresentou diante de mim, que não queria tornar a vê-lo?
    O réu, justificando-se:
    — Disse, sim, senhor juiz. Mas por mais que eu o repetisse aos polícias que me prenderam, nenhum me quis acreditar…

     
  • Anedota Comentar!
    15 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    O réu:
    — Não, senhor juiz. A gente não se denuncia uns aos outros. Semos gatunos, é verdade, mas semos camaradas uns prós outros.
    O juiz:
    — Semos, ou somos?
    O réu:
    — Ah! Então o senhor doutor juiz também é!

     
  • Anedota Comentar!
    16 dias · , , , , , , , ,   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    Muito contrariado o pai do Joãozinho leva o… 

    Muito contrariado, o pai do Joãozinho leva-o à psicóloga, por imposição da professora que insistia em dizer que o rapaz era obcecado por sexo.


    Já na consulta, a psicóloga pega numa folha de papel em branco, desenha duas rectas paralelas e pergunta ao Joãozinho:

    – O que te faz lembrar esse desenho, Joãozinho?

    – É um casal a fazer 69!


    A médica, noutra folha de papel, desenha um triângulo.

    – E agora? – pergunta ela.

    – São dois homens a fazer sexo com a mesma mulher!


    A psicóloga chama o pai do Joãozinho a um canto e comenta:

    – Realmente, o seu filho tem uma obsessão por sexo… Eu mostrei-lhe estes desenhos e ele disse…

    – Ele tem obsessão por sexo? – Interrompe o pai.
 Quem foi que desenhou essa pouca vergonha toda?
     
  • Anedota Comentar!
    16 dias ·   
    facebook twitter reddit whatsapp messenger telegram share

    No tribunal de Esponde comparece a responder, por crime de fogo posto numa arribana, um campónio que tinha tanto de perversidade como de insolência.
    O juiz pergunta-lhe:
    — O réu é casado?
    O réu, com um sorriso sarcástico:
    — Porquê? O senhor juiz tem alguma filha solteira?

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar