O marido chega a casa completamente bêbado. A mulher, irritada:
— Se não acabas com as bebedeiras, suicido-me!
O marido atira-se para um sofá e diz com voz pastosa:
— Promessas, só promessas!