No hospital, diz o médico:

  • O senhor é o dador de sangue?
  • Não, eu sou o da dor de cabeça!