Em Lisboa, após um incêndio num pequeno prédio, os bombeiros, ao verificar os destroços, encontram apenas um morto. E justamente um homem que estava de cabeça para baixo, com o dedo indicador apontando para um sitio bastante queimado. Ao seu lado, um extintor de incêndio, com a seguinte instrução:
“Em caso de incêndio, vire de cabeça para baixo e aponte para a chama”.