Uma noviça de um convento de freiras do…

Uma noviça de um convento de freiras do sul de Itália pediu autorização superior para fazer uma peregrinação a Roma. Propôs ir a pé e à boleia e regressar o mais depressa possível.
 A Madre superior, depois de reunir com as restantes membros da direção, conseguiu um parecer favorável, mas, 
a noviça só iria se, no regresso, se submetesse a um rigoroso exame de virgindade.
 A noviça foi posta ao corrente desta condição. Aceitou-a e meteu-se ao caminho.

Ao cabo de dez dias, quando regressou ao Convento, foi, então, sujeita ao tal exame de virgindade, que nada revelou!
 Diz a Madre Superior:

  • Estou muito contente, minha filha. Eu sempre temi as tentações do Demónio! Mas, diz-me uma coisa, nenhum desses homens que te deram boleias tentou abusar de ti?

Responde a noviça:

  • Quase todos, Madre! Mas lá diz o ditado: ”Quem tem boca vai a Roma”…