Ultimas Anedotas ou Piadas Publicadas Página 259 Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Anedota 10:29 em 5 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Uma professora primária, num sábado, disse aos seus alunos para que durante o fim de semana praticassem uma boa acção, e na segunda-feira perguntar-lhes-ia as acções que tinham praticado. Chegada a segunda-feira, lá começou a professora a perguntar aos miúdos quais as boas acções que tinham feito.
    — Tu, Carlinhos, diz o que fizeste.
    — Eu, senhora professora, ajudei um ceguinho a atravessar a rua.
    — E tu, Zeca, o que é que fizeste?
    — Eu ajudei a levantar uma senhora que tinha caído no passeio.
    — Bonita acção. E tu, Pedrinho, o que fizeste?
    — Senhora professora, ajudei uma senhora a atravessar a avenida.
    — Muito bem. E tu, Alexandre?
    — Eu, senhora professora, ajudei a mesma senhora a atravessar a avenida.
    — Óptimo. E tu, Manuelinho?
    — Eu ajudei aquela mesma senhora a atravessar a avenida.
    A professora perguntou aos restantes quinze alunos e todos responderam que tinham ajudado a mesma senhora a atravessar a dita avenida. No fim, algo intrigada, a professora perguntou-lhes a razão de tantos terem ajudado a mesma senhora.
    Expedito, e rapidamente, o Manuelinho explicou:
    — Oh, senhora professora! É que tivemos um grande problema, porque a senhora não queria atravessar. Mas lá conseguimos.

     
  • Anedota 6:20 em 5 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O menino vem da escola e o pai pergunta-lhe:
    — Então, o que se passou hoje lá na aula?
    — Ah! Fui chamado — diz o rapazinho.
    — E o que foi que te perguntaram?
    — Olhe: a senhora professora perguntou-me várias coisas, mas a mais importante foi que eu nomeasse alguma coisa que pertencesse ao reino animal e ao vegetal.
    — E tu, que respondeste?
    — Oh! Não me atrapalhei nada! Disse que podia ser uma omeleta com ovos.

     
  • Anedota 2:02 em 5 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Na escola, o professor mandou os alunos fazerem uma descrição de uma família pobre e a filha de um ricaço escreveu isto:
    Era uma vez uma família pobre; o pai era pobre, a mãe era pobre, os filhos eram pobres, a cozinheira era pobre, o jardineiro era pobre, o «chauffeur» era pobre. Eram todos pobres.

     
  • Anedota 21:21 em 4 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um garoto entra num talho e pergunta:
    — O senhor tem pés de porco?
    — Tenho, sim senhor!
    — Coitado! Então deve custar-lhe muito andar.

     
  • Anedota 17:09 em 4 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Estudaste a lição, António?
    — Estudei sim, senhor professor?
    — Então diz lá o que sabes sobre a flora de Moçambique.
    — É casada com o Eusébio e tem duas filhas.

     
  • Anedota 13:01 em 4 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Mamã, aprendi hoje, na escola, o que é um hipócrita! É um menino que vai para as aulas com um sorriso nos lábios!

     
  • Anedota 13:01 em 4 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A professora pergunta ao menino o que quer ser quando for grande. O menino responde:

    • Pai Natal!
    • Pai Natal? Então… mas porquê?
    • Ora! Ao menos assim só trabalhava uma vez por ano!
     
  • Anedota 11:34 em 4 November, 2017 | Comentar!
    , ciclismo   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Porque é que o Benfica não tem ciclismo… 

    Porque é que o Benfica não tem ciclismo?

    Porque no ciclismo não há árbitros!

     
  • Anedota 8:40 em 4 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A professora pergunta aos alunos quem é capaz de imitar vozes de animais. Um dos meninos levanta-se e diz que não sabe, mas que o avozinho imita perfeitamente um lobo.
    — Isso não pode ser, menino. Agora o seu avô fazer tal e qual o lobo.
    — Já lhe disse, senhora professora. E estou a falar verdade.
    No dia seguinte aparece com o avô na escola, apresenta-o à professora, e, chegando a boca ao ouvido do avô, pergunta-lhe:
    — Ó avô: há quanto tempo que não papas uma boa garota?
    O avô: HUUUUUUU!

     
  • Anedota 4:22 em 4 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — O que fizeste com os 5 euros que te dei hoje?
    — Fiz uma boa acção. Comprei rebuçados e dei-os a um menino que estava com muita vontade de os comer.
    — Ah! Está bem. E quem era esse menino?
    — Era eu, mamã.

     
  • Anedota 23:56 em 3 November, 2017 | Comentar!
    ,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Ao menos, dá os bons-dias, não sejas malcriado. Não te ensinaram isso lá na escola?
    — Eu só tenho escola à tarde.

     
  • Anedota 19:49 em 3 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Joaquinzinho: o que queres fazer quando fores crescido?
    — Calendários. Já descobri que em cada duas semanas se podem sempre meter sete sábados e sete domingos, e dá sempre certo.

     
  • Anedota 15:22 em 3 November, 2017 | Comentar!
      
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O gaiato sorve, de vez em quando, com estrondo, o ranho que vem até fora das ventas. Uma senhora que está na mesma paragem do autocarro, já enojada, pergunta-lhe:
    — Não tens aí um lenço, menino?
    O miúdo tira o lenço da algibeira, mostra-lho e responde:
    — Tenho, sim senhor, mas não lho empresto.

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar