O Joãozinho entra em casa a correr e mostra ao pai um canivete novo que achou na rua.
— Mas tens a certeza que foi perdido? — pergunta o pai.
— Foi perdido, foi, que eu bem vi o homem à procura dele.