Com os meus dedos devagar e gentilmente abri-a

Com os meus dedos devagar e gentilmente abri-a. Era tão pura e branca. Lambi-a uma vez, duas vezes… Descobri que não conseguia parar. Lambi-a cada vez mais depressa e com mais forca. Comecei a raspar os meus dentes. E ai estava, na minha boca! Tão doce e cremosa. Estava feito… E atirei fora a parte exterior da minha bolacha Oreo.