Aquela família de sádicos estava passeando de carro

Aquela família de sádicos estava passeando de carro quando de repente um cachorro cruza a pista.

  • Mata pai, mata pai! – gritam as crianças alvoroçadas!

Póófff! E o cachorro é esmagado pelas rodas do carro.

  • Urra! – gritam as crianças.

Um pouco mais adiante é uma velhinha que tenta atravessar a rua.

  • Mata pai, mata pai! – gritam as crianças alvoroçadas!

Póófff! E os cacos da velhinha se esparramam pelo asfalto.

  • Urra! – gritam as crianças.

Um pouco mais adiante o carro derrapa numa curva uma das portas dianteiras abre-se e a mãe é atirada para fora e rola por um desfiladeiro.

  • Urra! – gritam as crianças, menos uma que começa a chorar.
  • O que foi, meu filho – pergunta o pai. – A mamãe… – balbucia ele, entre soluços.
  • Você está triste porque a mamãe morreu?
  • Não… É que eu não vi ela cair!!