Após meses de expectativas e de muitos planos, um homem, que por acaso se chamava Zé conseguiu sequestrar a filha de um empresário riquíssimo.
A família da menina estava já preocupadíssima pois o sequestrador, dois dias depois do sequestro ainda não havia entrado em contacto com a família da vítima. Foi quando receberam um pacote contendo uma mão “decapitada” dentro e o seguinte aviso do sequestrador, para provar que não estava para brincadeiras:
“Esta é a minha mão, a próxima é a da sua filha”.