Com as tags: casamento Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Anedota 20:57 em 5 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — O senhor confirma — diz o juiz — que chegou a sua casa mais cedo naquele dia e que encontrou a sua mulher na cama com outro homem?
    — Correcto — diz o réu.
    — E então — continua o juiz — o senhor pegou na pistola e deu um tiro na sua mulher, matando-a?
    — Correcto — repete o réu.
    — E porque — insiste o juiz — disparou contra ela e não contra o amante?
    O réu responde:
    — Pareceu-me mais simples do que matar um homem diferente todos os dias!

     
  • Anedota 8:38 em 5 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A cartomante está a ver a sorte de um cliente na bola de cristal:
    — Vejo uma morena que o fez sofrer muito no passado. Agora vejo uma loira que o fará sofrer muito no futuro.
    — É minha mulher! Ela pintou o cabelo!

     
  • Anedota 20:09 em 4 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Querido, o que preferes? Uma mulher bonita ou uma mulher inteligente?
    — Nem uma, nem outra. Tu sabes que eu só gosto de ti.

     
  • Anedota 7:51 em 4 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um homem estava em coma há algum tempo. A sua esposa ficava à cabeceira dele dia e noite, até que, um dia, o homem acorda, faz sinal à mulher para se aproximar e sussurra-lhe:
    — Durante todos estes anos, estiveste a meu lado. Quando me licenciei, ficaste comigo. Quando a minha empresa faliu, só tu me apoiaste. Quando perdemos a casa, ficaste perto de mim. E, desde que tenho estes problemas de saúde, nunca me abandonaste. Sabes uma coisa?…
    Os olhos da mulher encheram-se de lágrimas:
    — Diz, amor…
    — Acho que me dás azar!

     
  • Anedota 19:31 em 3 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    A esposa levanta-se a meio da noite e percebe que o marido está a chorar na sala. Ela pergunta-lhe o que se passa e ele diz:
    — Lembras-te quando namorávamos, tu tinhas dezasseis anos e engravidaste?
    — Lembro-me — disse ela.
    — Pois é. O teu pai disse-me que, se não casasse contigo, apanharia vinte anos de prisão…
    — Sim e depois? Porque estás a chorar?
    — Se estivesse preso, ficava livre amanhã…

     
  • Anedota 7:17 em 3 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Morre a mulher de um comerciante da velha guarda. O homem, transtornado tanto pelo falecimento como pelo dinheiro a gastar no funeral e afins, ligou para o jornal e:
    — Gostava de colocar um anúncio na secção de necrologia, mas quero o mais barato que tiver, «Morreu Maria» basta. O empregado do outro lado, um tanto embaraçado, responde:
    — Mas, meu caro senhor, não deseja dizer algo mais? Neste jornal os anúncios têm todos o mesmo preço até cinco palavras. O homem pensou um pouco:
    — Então, escreva aí «Maria Morreu. Vende-se Opel Corsa.»

     
  • Anedota 19:09 em 2 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Está um homem descansadinho da vida, sentado no seu sofá, a ver o futebol, quando de repente, vinda não se sabe muito bem donde, leva com uma frigideira na cabeça.
    O desgraçado, de joelhos no chão, volta-se para a mulher:
    — Então!? Estás parva ou quê?! O que se passou?
    — Isto é pelo bilhete que acabei de encontrar no bolso das tuas calças, e que tem o nome Marilu e a seguir o número 7000589.
    — Vê-se mesmo que és estúpida! Isso foi da última vez que fui às corridas de cavalos. Marilu era o nome do cavalo, sete mil foi o valor que eu apostei, cinquenta e oito era o número do cavalo e nove a corrida em que o cavalo entrou. Vai para a cozinha e não me chateies mais!
    — … Mas… Bom… Quer dizer… Oh, meu amor, desculpa, desculpa, não volta a acontecer.
    Passados dois dias está o homem outra vez descansadinho da vida, a ver os resumos da bola, quando…. Puuummmm, leva com a panela de pressão na cabeça. Completamente tonto, deitado no chão e ainda não refeito grita:
    — Porra, outra vez! O que foi agora!
    Ao que a mulher responde:
    — O teu cavalo está ao telefone!

     
  • Anedota 6:37 em 2 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um homem de negócios foi até um bar, sentou-se e pediu um Martini com gelo. Quando acabou de beber, espreitou para o bolso da camisa e pediu outro Martini. Depois de beber o segundo, espreitou novamente para o bolso da camisa e pediu um Martini duplo.
    Ao fim de um tempo, o barman disse-lhe:
    — Olhe, amigo, eu trago-lhe Martinis durante toda a noite, mas tem de me dizer porque olha para o bolso da sua camisa de cada vez que pede outra dose?
    O cliente respondeu:
    — Estou a dar uma espreitadela a uma foto da minha mulher! Quando ela começar a ficar bonita, já sei que é a altura de ir para casa.

     
  • Anedota 6:06 em 1 September, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Uma família viajava de carro quando um sapo se atravessou no caminho. O marido, que vai a conduzir, pára e põe o sapo na berma da estrada. O animal mostra-se agradecido e diz ao homem que lhe vai conceder um desejo. O homem diz:
    — Faz com que o meu cão ganhe a próxima corrida de cães. O sapo pede para ver o cão e quando repara que este apenas tem três patas diz que será quase impossível fazê-lo ganhar a corrida. Pede então ao homem que formule outro desejo e ele diz:
    — Então faz a minha mulher ganhar o próximo concurso de beleza da cidade.
    O sapo pede para ver a mulher. Ela sai do carro e aproxima-se do sapo.
    Este vira-se para o homem e diz-lhe:
    — Posso ver o cão outra vez?

     
  • Anedota 17:53 em 31 August, 2020 | Comentar!
    casamento,   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Mal o homem chegou ao Céu, logo São Pedro, solícito, lhe perguntou:
    — O que fazias na Terra?
    — Eu era casado…
    — Entra, entra, meu filho, nós admitimos aqui todos os mártires.
    O tipo que vinha a seguir ouviu a conversa e, à pergunta de São Pedro:
    — E tu, o que fazias na Terra? — respondeu tristemente:
    — Senhor, eu casei-me duas vezes.
    — Vai então para o Inferno — disse o santo. — Nós aqui admitimos os mártires, mas não deixamos entrar os imbecis.

     
  • Anedota 5:50 em 31 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Dizem que você casou porque a sua mulher herdou uma grande fortuna de uma tia!
    — É falso. Eu teria casado com ela mesmo que fosse outra pessoa a deixar-lhe a herança.

     
  • Anedota 17:15 em 30 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Um professor confia a um dos seus colegas:
    — Começo a ter dúvidas sobre a fidelidade da minha mulher. Quando nos casámos, vivíamos em Faro. Dois anos mais tarde, fomos para Vila Real. Passados seis meses fui para Setúbal…
    — E depois?
    — O carteiro é sempre o mesmo!

     
  • Anedota 5:10 em 30 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    — Achas que antes do casamento o amor serve para alguma coisa?
    — Se serve! Olha, o casamento, depois, é que eu acho que já não serve para nada.

     
  • Anedota 16:53 em 29 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O caixa do Banco:
    — A assinatura está tremida, minha senhora.
    A senhora:
    — Pois claro que a assinatura está tremida. Então o senhor pensa que o meu marido está no seu estado normal quando me assina os cheques?

     
  • Anedota 4:30 em 29 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    Conheceram-se. Casaram-se. Ela tinha um terrível mau hálito, ele transpirava horrivelmente dos pés. Aproximaram-se um do outro. Ela, encostando a boca o mais perto que podia do nariz dele, exclamou:
    — Querido, tenho uma coisa a confessar-te.
    Ele, sentindo o bafo fétido que aquelas palavras transportavam, aproveitou para retorquir:
    — Já sei. Engoliste as minhas peúgas!

     
  • Anedota 16:17 em 28 August, 2020 | Comentar!
    casamento   
    share on facebook tweet on twitter post to tumblr +1 on google+

    O marido vem do médico e a mulher pergunta-lhe assim que chegou a casa.
    — Então? Que te disse o médico?
    — Proibiu-me de fumar e de beber.
    — Eu tinha razão: sempre te disse que o fumar e o beber te faziam mal, não te disse?
    — Mas… também me proibiu de trabalhar.
    — E tu ainda acreditas em tudo o que te dizem os médicos?!

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar