Os dois caras já tavão pra lá de…

Os dois caras já tavão pra lá de Bagdad quando um fala pro outro, trancando as pernas e a língua: — Vamos toma um porre?? Vamos?? Quanto zzze tem ai? — (enfiando a mão no bolso) “Zinquenta. Zo tenho zinquenta!” e mostra a moedinha. “Quanto ze tem?” — (o outro enfia a mão) “Tenho 1 e vinte!” — Num vai da… — E, num vai… Os dois cambaleando até que um teve uma ideia: — Tive uma ideia! A gente compra uma linguiça com o dinheiro, vai pro bar e toma um monte. Ai, você se abaixa eu ponho a linguiça pra fora, você começa a chupar e o dono do bar vai ficar tão puto que nos não vamos pagar… — Ta bao, então vão… E compraram a linguiça e foram pro bar. Tomaram até sair pela orelha. Ai um se abaixou e começou a chupar a linguiça, o dono do bar ficou puto e os dois saíram sem pagar… — Beleza, num disse!! Vão para outro bar! — Vão ‘bora!! E assim foram, uns 3 bares. Ai o que estava chupando a linguiça: — Oh, num e’ por nada, mas será’ que da’ pra trocar um pouco?? To ficando cansado de chupar. No próximo bar e’ sua vez, ta?!! — Ta bao. Só que você não vai ficar chateado?! E’ que eu perdi a linguiça depois do primeiro bar.