Com as tags: namorados Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Hugo 18:52 em 11 February, 2014 | Comentar!
    , namorados   

    Um jovem estava num baile e era apaixonado por uma rapariga mais velha que ele. Quando o conjunto começou a tocar, a jovem entra no salão e o adolescente, cego pela paixão, vai ter com a mulher amada:

    • Dás-me o prazer desta dança?
    • Eu não danço com crianças!
    • Desculpa, não sabia que estavas grávida.
     
  • Hugo 18:50 em 11 February, 2014 | Comentar!
    anel, beijo, , , namorados   

    Um casalinho de namorados estava num banco de jardim, beijo daqui beijo dali, apalpadelas, beliscões. Até que ele lhe pergunta se pode meter o dedinho na coisinha dela. Ela faz-se muito esquisita e depois de muita insistência ela lá concorda :

    • Mas com cuidado que sabes muito bem que eu quero casar virgem.
    • Está bem, vais ver como tu até gostas !

    Passado um bocado ela lá consegue disfarçar e fazer uma cara de zangada :

    • Zé, pára que me estás a magoar com o anel !
    • Mas filha, não é o anel que eu tirei-o… Só se for o relógio!
     
  • Hugo 18:49 em 11 February, 2014 | Comentar!
    , namorados   

    Num autocarro um casal de namorados sentam-se num banco e a mãe dela senta-se num outro mais à frente.
    Quando o revisor chega ao pé dela para lhe cobrar o bilhete, diz a filha:

    • Oh mãe, não é preciso que o Mário já tirou os três!

    O condutor olha pelo retrovisor para a rapariga (que por acaso era boa como o milho) e respira fundo:

    • Ah grande Mário!
     
  • Hugo 18:48 em 11 February, 2014 | Comentar!
    beijos, namorados   

    Numa viagem de comboio ia um velhinho sentado e à sua frente ia um casal de namorados na brincadeira. O rapaz apertava o nariz da namorada e perguntava:

    • Dói amorzinho?
    • Dói sim. – respondeu ela.

    E então ele deu um beijo no nariz da rapariga e perguntou:

    • E agora?
    • Agora passou.

    Passados alguns instantes ele apertou a bochecha da rapariga e pergunta:

    • Dói?
    • Dói sim.

    Então ele deu-lhe um beijo na bochecha e pergunta:

    • E agora?
    • Agora já passou.

    E continuaram naquela vida até que o velho que ia à frente deles já cansado daquilo, diz:

    • Ouve lá, ó boquinha de anjo… curas hemorróidas?
     
  • Hugo 14:41 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Os namorados passeiam no Jardim Zoológico. Ela, admirada, pergunta:
    — Porque será que hoje não aparecem macacos?
    — É porque… estão no tempo do amor. Passam todo o dia lá dentro, a namorar.
    — Ah! E se a gente procurasse atraí-los aqui, com amendoins, eles virão?
    — Tu… se o caso fosse contigo, virias?

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    A futura sogra para o futuro genro:
    — Oiça lá… Você quer a minha filha pra casar ou prò que é?
    — É prò que é…

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    — Então, o teu namorado?
    — Tive de lhe dar uma bofetada!
    — Muito atrevido?
    — Não. Muito ensonado!

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Ela: Ó Raul, eu amo-te por seres o melhor homem deste mundo!
    Ele: E eu a ti, por seres tão franca e tão verdadeira!

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    — O Raul é um rapaz sem palavra!…
    — Não apareceu ao encontro?
    — Não! Esperei por ele desde as sete até às sete e meia!
    — E a que horas tinham combinado encontrar-se?
    — Às seis horas…

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Ela: Amar-me-ás assim quando casarmos?
    Ele: Claro! Eu sempre gostei muito de mulheres casadas.

     
  • Hugo 14:40 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    — Querida: há cinco meses que nos namoramos e tenho vindo todas as noites à tua casa.
    — E então?
    — Então… creio que já é altura de nos casarmos para poder sair de noite com os meus amigos!

     
  • Hugo 14:39 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Diz a mãe para a filha:

    • Ó filha, tu gostas do teu namorado?
    • Gosto! Ele até me chama: minha gatinha, minha coelhinha!
    • Pois é! Mas depois os animais vão crescendo. É minha vaca, minha baleia!…
     
  • Hugo 14:39 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    A filha ao contar ao pai que tinha um namorado, ele começa logo a perguntar:

    • Ao menos é um rapaz poupado?
    • É papá, olha ainda na semana passada quando lá fui a casa e os pais dele não estavam, a primeira coisa que ele fez foi apagar a luz!
     
  • Hugo 14:39 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    O rapaz foi jantar a casa dos futuros sogros.
    A dada altura, já depois de ter comido uma farta feijoada, está ele sentado no sofá quando o cãozito da família se vem sentar ao seu lado.
    De repente, sem contar, o rapaz solta um peido silencioso mas muito mal cheiroso.
    O rapaz começa a ficar com receio que alguém repare.
    A mãe da rapariga sente o cheiro, vira-se para o cão e diz:

    • Boby, sai daí.

    O rapaz pensa: “Olha, o cão ficou com as culpas. Porreiro… Bem que posso largar outro!”
    Dito e feito, o rapaz larga outro peido ainda mais potente.
    A senhora sente novamente o cheiro e diz novamente ao cão:

    • Boby, sai do sofá!

    O rapaz pensa: “Bolas, resulta mesmo bem. Vou aproveitar para mandar mais um.”
    Novo peido, desta vez ainda mais potente e a senhora grita para o cão:

    • Boby, tu sai mas é daí que ele ainda te mata!
     
  • Hugo 14:39 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Depois de esperar uma hora e meia pelo namorado para irem jantar, a rapariga decidiu que não valia a pena esperar mais.
    Tirou a roupa de gala e vestiu o pijama, fez pipocas e sentou-se no sofá a ver televisão.
    Logo depois, a campaínha toca.
    Ela abre a porta e o namorado diz:

    • É sempre a mesma coisa… Eu até chego duas horas atrasado e tu ainda não estás pronta!
     
  • Hugo 14:39 em 30 November, 2013 | Comentar!
    namorados   

    Cena num automóvel:
    Ele: (quando seguem por uma estrada deserta):
    — Cada minuto que passa te acho mais bela. Sabes o que isto quer dizer?
    Ela:
    — Sei! Vai faltar a gasolina…

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar