Com as tags: lógica Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Hugo 19:08 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    Na escola: Pergunta o professor:
    — Se estiverem dez moscas sobre a mesa e o menino matar uma, quantas ficam?
    Responde o aluno:
    — Fica só a que eu matar, senhor professor…

     
  • Hugo 19:08 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Homem! Em Dezembro, com um frio destes, sem sobretudo! Não tens frio?
    — Tenho. O que não tenho é sobretudo.

     
  • Hugo 19:08 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Qual é a coisa mais parecida com a parte da frente de um carro-eléctrico?
    — É a parte de trás…!

     
  • Hugo 19:08 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Eh pá! Deste-me um valente soco. Mas isto é a sério ou a brincar?
    — Se é a sério está bem. Comigo ninguém brinca.

     
  • Hugo 19:07 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica,   

    O guarda da prisão:
    — Número 26! Venha comigo. Está ali a sua mulher.
    — A minha mulher? Qual delas?
    — Eu disse a sua mulher. Você não compreende?
    — Pois sim, compreendo. Mas eu estou aqui preso por bigamia.

     
  • Hugo 19:07 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    O cicerone: — Este castelo conserva-se assim há seiscentos anos. Nem uma pedra aqui foi mudada; nada foi alterado, nada substituído.
    O visitante: — Provavelmente tem o mesmo senhorio que nós temos.

     
  • Hugo 19:07 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    O freguês recebe o retrato e fica indignado:
    — Então o senhor não vê que eu estou com cara de idiota neste retrato??
    — É que a fotografia não foi retocada.

     
  • Hugo 19:07 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Estas ondas são maravilhosas, não acha? — diz o dono do iate, entusiasmado.
    — São, realmente — responde o convidado, já a sentir o enjoo —. E se voltássemos para trás, agora que já as vimos todas?

     
  • Hugo 19:07 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Um cigarro? — diz o homem, desejando meter conversa com o companheiro de viagem.
    — Obrigado. Não fumo. — responde o outro —. Fumei uma vez, e chegou-me.
    Há um bocado de silêncio.
    — Vai um uísque? — insiste o primeiro.
    — Não. Obrigado. Bebi álcool uma única vez, e não quero voltar a beber.
    Passa-se um quarto de hora, e o primeiro, insistindo em meter conversa, pergunta:
    — Não quer que lhe arranje um jornal, para se entreter?
    — Não. Obrigado. Li um jornal uma única vez na minha vida, e não torno a fazê-lo.
    O homem que queria conversar, desiste. Mas, pouco depois, é o outro que lhe diz com amabilidade:
    — O senhor é muito simpático. Gostaria de ter ocasião de lhe apresentar a minha filha.
    — Filha única, certamente — remata o outro.

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Ó Manuel, empresta-me 50 euros, um momento… só por um momento!
    — Tens a certeza de que só precisas deles por um momento?
    — Certeza absoluta: é só por um momento.
    — Está bem, João; nesse caso espera mais um momento e depois já não precisas deles.

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    Os Amigos e as Ocasiões
    — Os amigos conhecem-se nas ocasiões!
    — É, é. Nas ocasiões em que não precisamos deles. Quando precisamos, são eles que não nos conhecem.

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Paciência, meu amigo. Honra e proveito não cabem no mesmo saco.
    — Pois não. Por isso eu quero o proveito. A honra pode ficar em qualquer parte, que ninguém a cobiça. Toda a gente está farta de inutilidades…

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Paizinho: — O que é a experiência?
    — A experiência é uma coisa que os homens acham quando já perderam tudo, e já não lhes serva para nada…

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    Um grego e um veneziano questionavam acerca da excelência das suas nações. O grego, para provar que a sua excedia todas as outras, dizia que era da Grécia que todos os sábios e filósofos tinham saído.
    — Isso é verdade — disse o veneziano —, e é por isso que agora já aí os não há!

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    A filha pede um vestido novo ao pai.
    — Papá: há seis meses que o meu namorado me vê sempre com o mesmo vestido. Tenha paciência mas tem que me dar dinheiro para outro.
    — Ó filha, não pode ser. Sai muito mais barato mudares de namorado.

     
  • Hugo 19:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
    lógica   

    — Podias-me emprestar 500 euros?
    — Não. Não tenho aqui.
    — E lá em casa?
    — Lá em casa estão todos bem, muito obrigado.

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar