Dois amigos aventureiros percorrem de mochila às costas uma savana africana. De repente, atrás de uma árvore vêem um leão a rugir, nitidamente esfomeado.
— Santo Deus! Estamos lixados! Vamos acabar na barriga desta fera! Meu Deus, ajudai-nos! — diz um.
Enquanto ele invoca os céus, o outro abre a mochila e tira uns ténis da melhor marca, que calça rapidamente, perante o espanto do companheiro.
— Tu não estás bom da cabeça! Achas que com esses ténis corres mais do que o leão?
— Mais depressa do que o leão não acredito. Mas mais depressa do que tu tenho a certeza.