Ultimas Anedotas ou Piadas Publicadas Página 238 Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Hugo 15:46 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Havia um garoto que era um tagarela, quando começava a falar, nunca mais se calava. O professor chateou-se com a história e mandou um bilhete para os pais assinarem :
    Este menino fala muito
    Ao outro dia o miúdo entrega outro bilhete ao professor :
    Sai à mãe !

     
  • Hugo 15:46 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Menino Joãozinho, diga depois de mim : ai …

    • Ai!
    • Éi…
    • Éi!
    • Ói…
    • Ói!
    • Ui…
    • Uí!
    • Joãozinho, não é UÍ, é UI ,então disse tudo bem ,e não é capaz de dizer UI?

    Diga lá ,Ui!

    • Uí!
    • Não , não é nada disso! Então o que é que o menino diz quando se queima, por exemplo?
    • Porra !
     
  • Hugo 15:45 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Joãozinho vai a farmácia.

    • Seu Joaquim, me dê uma caixa de supositórios.

    Distraído, o menino pega a caixa e vai saindo da farmácia sem entregar o dinheiro.

    • É pra pôr na conta de sua mãe? – pergunta o farmacêutico.
    • Não, é prá pôr no cú do meu pai!
     
  • Hugo 15:45 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Joãozinho chega em em casa e entrega ao pai o recibo da mensalidade escolar.

    • Meu Deus! Como é caro estudar nesse colégio.

    E o menino:

    • E olhe, pai, eu sou o que menos estuda da minha classe!
     
  • Hugo 15:45 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Em certa escola, na Idade da Pedra, a professora distribui um pedaço de pedra, um martelinho e um cinzel para cada aluno e começa a fazer o ditado.

    • O rei…

    Pléc, pléc, pléc. Todo mundo grava uma coroa.

    • … é forte…

    Pléc, pléc, pléc. Todo mundo grava um leão.

    • e viril…

    Todo mundo pensativo, de repente a voz de Joãozinho quebra o silêncio:

    • Professora! Viril se escreve com um ou dois testículos?
     
  • Hugo 15:44 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    No meio da aula de Geografia, Joãozinho chega para a professora e pergunta:

    • Professora! Lâmpada é boa de chupar??
    • Que é isso Joãozinho? Imagina! Quem que te falou uma coisa dessas?
    • Meu pai! Ontem eu passei na frente do quarto dele e ouvi ele dizer para minha mãe: “Agora, apaga a luz e chupa!”
     
  • Hugo 15:44 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    A professora entra na sala e se depara, horrorizada, com a seguinte inscrição no quadro negro: “Joãozinho tem o Pau Grande!”. Imediatamente ela apaga a inscrição e sem fazer nenhum comentário, começa a aula.
    No dia seguinte, ao entrar na sala novamente, a mesma inscrição em letras garrafais:”Joãozinho tem o Pau Grande!”. Pela segunda vez, ela apaga os dizeres, sem fazer nenhum comentário.
    No outro dia, a história se repete, e no outro e no outro e no outro… até que um dia ela resolve colocar à prova a veracidade daquela mensagem.
    Quando toca a campaínha avisando que a aula terminou ela pede para todos sairem menos o Joãozinho.
    Tranca a porta, tira a roupa e viola o menino.
    Dia seguinte, ao entrar na sala, ela lê no quadro:
    “A Propaganda é a Alma do Negócio!”.

     
  • Hugo 15:43 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Joãozinho batendo boca com um coleguinha do prédio:

    • Meu pai é melhor que o seu – desafia o coleguinha.
    • É porra nenhuma! – retruca Joãozinho.
    • Meu irmão é melhor que o seu!
    • É o caralho!
    • Minha mãe é melhor que a sua!
    • Bem… isso pode ser! Meu pai vive dizendo a mesma coisa!
     
  • Hugo 15:43 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Joãozinho e Luisinho conversam na hora do recreio.

    • Meu pai é tão alto – diz Luisinho, contando vantagem. – mas tão alto que um dia ele levantou os braços e encostou a mão nos nuvens.
    • Quando ele encostou sentiu algo macio? – perguntou Joãozinho sem querer ficar por baixo.
    • Exatamente.
    • Pois era o saco do meu pai!
     
  • Hugo 15:03 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Joãozinho está brigando na rua, com um menino que deveria ter a metade da sua idade.
    Um senhor que passava por eles se aproxima e os separa.

    • Você não tem vergonha? – diz ele se dirigindo ao Joãozinho. – Bater num menino bem menor do que você? Seu covarde!!
    • O senhor queria o quê? – respondeu ele. – Que eu ficasse esperando ele crescer?
     
  • Hugo 15:03 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Num colégio de crianças deficientes, o professor ia passando perto do refeitório quando o cozinheiro chega e pergunta:

    • Quer comer uma torta, professor?
    • Não, agora não, obrigado! Acabei de comer uma ceguinha!
     
  • Hugo 15:03 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    A professora mandou fazer uma composição para o dia seguinte sobre o tema: ‘Mãe, há só uma’.
    No outro dia a professora mandou o Joãozinho ler a dele;

    • Quando eu era mais pequeno, fui passear com a minha mãe e então ela parou para ver uma montra e eu comecei a atravessar a estrada. Veio um carro e quando estava quase a ser atropelado, a minha mãe salvou-me. Mãe, há só uma.
    • Muito bem Joãozinho. Agora podes ser tu Manuelzinho.
    • A semana passada fui com os meus pais à praia e fui tomar banho ao mar.

    Veio uma onda e arrastou-me. Quando estava quase a ser levado, aparece a minha mãe e salvou-me.
    Mãe, há só uma

    • Muito lindo Manuelzinho. Lê agora a tua, Zézinho.
    • Eu ontem estava em casa a ver um filme pornográfico com a minha mãe.

    Ela manda-me ir ao frigorífico buscar duas cervejas, eu vou lá, abro o frigorífico e digo:
    ‘Mãe, há só uma’.

     
  • Hugo 15:02 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    O rapaz está a ir para a escola. No caminho, encontra uma colega de turma, que não conseguia parar de rir:

    • Interessantes essas meias que estás a usar, Ricardinho… uma amarela e outra azul…
    • É verdade. Tem graça é que lá em casa tenho outro par igual!
     
  • Hugo 15:02 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    O professor de Matemática levanta uma folha de papel em uma das mãos e pergunta para Joãozinho:

    • Se eu dividir essa folha de papel em quatro pedaços, Joãozinho, com o que eu fico?
    • Quatro quartos, professor!
    • E se eu dividir em oito pedaços?
    • Oito oitavos, professor!
    • E se eu dividir em cem pedaços?
    • Papel picado, professor!
     
  • Hugo 15:01 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Na aula de biologia, o professor pergunta:

    • Joãozinho! Quantos testículos nós temos?
    • Quatro professor – responde o menino sem pestanejar.
    • Quatro? Você ficou doido?
    • Bem… Pelo menos os meus dois eu garanto!
     
  • Hugo 14:59 em 1 December, 2013 | Comentar!
      

    Aquele homem a tinha mania de perseguição. Tudo perturbava o coitado.
    Um dia, chega ao serviço cheio de olheiras, uma cara daquelas. Um colega quer saber:

    • Epa, Ricardo! O que aconteceu?
    • Esta noite, não consegui dormir!
    • Porquê? Que aconteceu ?
    • Uma musica perturbou-me muito!
    • E o que era?
    • Era o canto do quarto!

    Ainda sonolento:

    • Eh, e depois começaram os sons no guarda fatos…eram BLEIM BLEIM BLEIM_.
    • E o que era?
    • Eram as calcas de boca de sino…
    • Que noite hein ?
    • E se não bastasse… ouvi sons do tipo ARF! ARF! ARF! ARF!
    • Mas o que era desta vez?
    • O corredor estava a treinar para a S. Silvestre…
     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar