Ultimas Anedotas ou Piadas Publicadas Página 234 Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Hugo 17:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    — Sabe, o André e a Margarida estão juntos outra vez.
    — Ah, sim?
    — Depois de dez anos de separação!
    — Em suma, um divórcio que acabou mal!

     
  • Hugo 17:06 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Ela:
    — Tu já não gostas de mim!
    Ele:
    — Estás nervosa. Porque não vais comprar alguma coisa para te sentires melhor?
    Ela:
    — O quê?
    Ele:
    — Que tal uma viagem pela Europa?
    Ela:
    — Não.
    Ele:
    — Que tal um novo Mercedes?
    Ela:
    — Não.
    Ele:
    — Então o que queres?
    Ela:
    — O divórcio:
    Ele (pausa):
    — Não estava a pensar gastar tanto dinheiro.

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Uma mulher é transferida para trabalhar noutra cidade. Depois de alguns dias, manda um telegrama ao marido: «Envia, urgente, papéis do divórcio, encontrei companheiro ideal, reúne as condições do novo modelo da Fiat.» O marido estranha e vai até ao concessionário Fiat mais próximo e pede as características do novo modelo. O vendedor diz-lhe:
    — Tem um motor maior e mais potente, é mais comprido e mais largo, aumenta de rotação mais rapidamente, mantém rotações altas por mais tempo, o exterior é todo mais bonito, a suspensão é mais dura, tem menor peso, está sempre pronto para ser usado em qualquer terreno e bebe pouco.
    O marido compreende os motivos da mulher e decide procurar uma nova companheira. Passadas semanas, manda o seguinte telegrama: «Mandei papéis do divórcio, encontrei companheira que reúne as condições do novo jipe». A esposa, um tanto confusa, vai até ao concessionário e pede as características do novo jipe. Diz o vendedor:
    — É mais resistente, suporta maior peso, tem lubrificação permanente, a carroçaria é mais lisa e cheia de curvas, o interior é mais confortável e macio, tem duplo air bag, o escape é mais silencioso, não vaza óleo, tem travões à frente e atrás, não faz barulho se a mudança entra de raspão e tem engate na traseira.

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Ela e o marido divorciaram-se, mas continuam amigos. Ela:
    — Conheci o Roberto há duas semanas. E, calcula tu, que ainda não me conhece bem e já me pediu em casamento!
    O ex-dela:
    — Então decide rapidamente, antes que ele te conheça…

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Num julgamento de divórcio, o casal briga pela guarda do único filho. A mãe, muito emocionada, tenta defender-se:
    — Meritíssimo juiz… Esta criança foi gerada dentro de mim… Ela saiu do meu ventre, portanto eu mereço ficar com ela!
    O juiz passa a palavra ao marido, que resolve usar o seu lado lógico masculino:
    — Senhor doutor juiz, responda-me a uma pergunta: quando eu coloco uma moeda numa máquina de refrigerantes, a latinha que sai é minha ou da máquina?

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Entre amigos:
    — Vou divorciar-me. A minha mulher há dois meses que me não fala.
    — Pois pensa duas vezes e olha que sortes dessas não se tem todos os dias.

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    — É porque é que te vais separar do teu marido?
    — Não o posso suportar. A princípio, quando me chegava a ele, sentia-lhe o coração bater!…
    — Sim? E agora?
    — Agora… a única coisa que lhe sinto bater é a mão.

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    — Quero divorciar-me. De há cinco anos para cá, a minha mulher atira-me com os objectos mais variados: vasos, panelas, bibelots…
    — E por que razão só agora se quer divorciar? Ao fim de cinco anos devia estar habituado…
    — Sim, mas só de há alguns dias para cá começou a acertar-me.

     
  • Hugo 17:05 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Entre divorciados.
    Ela — O bem não se conhece senão depois de se ter perdido.
    Ele — É assim mesmo. Só depois de te ter perdido é que eu aprendi a conhecer o bem. O bem de te ter perdido…

     
  • Hugo 17:04 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Num pedido de divorcio o juiz pergunta à requerente:
    -A senhora tem a certeza do que esta a pedir?
    A senhora quer o divorcio por COMPATIBILIDADE de feitios?
    Não será o contrario?

    • Não Sr., É por COMPATIBILIDADE mesmo.

    Eu gosto de cinema, o meu marido também!
    Eu gosto de ir à praia, ele também!
    Eu gosto de homens… e ele também…!!!

     
  • Hugo 17:04 em 29 November, 2013 | Comentar!  

    Depois de um dia inteiro de caminhada, o caçador e o seu guia chegam finalmente ao pico da montanha. A noite, em torno da fogueira, os dois conversam:
    — Sabe, Ramiro, você é um grande guia e inspira-me total confiança, mas fico a pensar uma coisa: se, por acaso, eu sofresse algum acidente ou ficasse doente, como faria para me levar de volta para a cidade, pesando eu noventa quilos?
    — Nenhum problema, patrão. No ano passado, desci sozinho esta montanha levando às costas um javali de quase duzentos quilos.
    — Duzentos quilos? Sozinho? Como fez isso?
    — Em dez viagens, patrão.

     
  • Hugo 17:03 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Um homem sem os dois braços chegou ao balcão do bar e pediu:
    — Sirva-me uma cerveja.
    — Perfeitamente — disse o barman, e encheu um copo de cerveja ao freguês.
    — Queira desculpar — falou o aleijadinho —, mas não tenho os dois braços. Quer ter a gentileza de segurar o copo para que eu possa beber?
    — Com todo o prazer — e o barman segurou o copo na posição adequada.
    — Agora, será que pode tirar o lenço do bolso das minhas calças e limpar a espuma dos meus lábios?
    Novamente, o barman atendeu-o.
    — E do bolso esquerdo das calças pode pegar no dinheiro para pagar a cerveja?
    O barman tirou o dinheiro, registou na caixa e colocou o troco no bolso das calças do aleijadinho, que logo desabafou:
    — É duro ser assim aleijado. Fico sempre encabulado por ter de pedir às pessoas para fazerem as coisas para mim. Por falar nisso, onde fica a casa de banho?
    — Não temos — apressou-se a dizer o barman.

     
  • Hugo 17:03 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    — Abandonar o navio — berrou o capitão, apavorado, enquanto o navio se afundava. — Mulheres e crianças primeiro! Um passageiro, com lágrimas nos olhos e que tinha mulher e seis filhos a bordo, aproxima-se e diz:
    — Como o senhor é humanitário, corajoso, destemido!
    — Se os tubarões já estiverem de barriga cheia, não vão querer saber da gente, meu caro senhor!

     
  • Hugo 17:03 em 29 November, 2013 | Comentar!  

    Um cientista, que procurava sempre a máxima exactidão, viajava num comboio com um amigo quando este, apontando para uns carneiros que pastavam num prado, lhe observou:
    — Olha, aqueles carneiros acabaram de ser tosquiados.
    O cientista examinou o rebanho, reflectiu e depois observou:
    — Sim, pelo menos deste lado.

     
  • Hugo 17:03 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    Uma senhora entra numa lavandaria e diz à empregada:
    — Veja este trabalho! Foi lavado aqui!
    — Não sei o que tem a dizer: o guardanapo está limpinho!…
    — Guardanapo!? Isto era um lençol!

     
  • Hugo 17:03 em 29 November, 2013 | Comentar!
      

    — Cinco euros por um sumo de laranja — diz um cliente ao director de um hotel — é um roubo! Nem eu, nem a minha mulher o bebemos.
    — Meu caro senhor, o sumo esteve todos os dias à sua disposição no quarto. Não tenho culpa que não o tenha tomado.
    — Ai, é? Nesse caso queira abater na conta cinquenta euros pelo beijo que o senhor deu à minha mulher todos os dias.
    — Eu, meu caro senhor?! Eu?! — diz o director, indignado — Nunca me passaria pela cabeça dar um beijo a sua mulher.
    — Que importa? Ela esteve todos os dias à sua disposição. Não tenho culpa que não a tenha beijado.

     

c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar